Desta vez, Brumadinho

Lama invadiu Brumadinho após rompimento de barragem | Foto: Agência Brasil - Divulgação
Lama invadiu Brumadinho após rompimento de barragem | Foto: Agência Brasil - Divulgação

Lançado no dia 18 de outubro de 2017, na Unicamp, o livro Vozes e silenciamentos em Mariana: crime ou desastre ambiental? foi publicado pelo Jornal da Unicamp em 2018, dividido em capítulos. A trajetória e os desdobramentos do derramamento de rejeitos da barragem de Fundão, em Mariana (MG), no dia 5 de novembro de 2015, é o tema sobre o qual a obra se aprofunda com pesquisas, entrevistas, reportagens, crônicas, poesias e diferentes formas de abordagens. Entre os temas abordados, destaca-se a ineficiência da política ambiental brasileira, que contribuiu para mais uma tragédia, talvez de proporções ainda maiores, desta vez em Brumadinho.

Imagem de capa

Audiodescrição: Em imagem panorâmica, foto aérea de amplas áreas com vegetação à esquerda e à direita, sendo que ao centro há um rio repleto de lama que cruza a imagem, vindo de cima para baixo. Há uma grande área com lama e barro na parte de cima de imagem. Imagem 1 de 1.
Região atingida pelo rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho/MG. Publicado em 26/01/2019 - 12:07 | Foto: Agência Brasil - Divulgação