Morre Wilson Cano, pesquisador emérito do CNPq e um dos criadores do Instituto de Economia

Morreu nesta sexta-feira (03), aos 83 anos, o professor Wilson Cano, pesquisador emérito do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e um dos criadores do Instituto de Economia da universidade. Formado em economia pela PUC de São Paulo, Cano chegou à Unicamp em 1968, convidado pelo reitor Zeferino Vaz. Desde então, dedicou-se em tempo integral à carreira, tendo publicado diversos livros, principalmente sobre industrialização Brasileira. O velório será restrito aos familiares, em Campinas.

Em nota, a direção do Instituto de Economia lamentou a morte do professor: 
“É impossível exagerar a sua importância na criação e consolidação do nosso Instituto, além de seu papel fundamental na história da Unicamp. Formador de várias gerações de pesquisadores e professores Brasil afora, o prof. Wilson é figura maior na trajetória da qual somos todos herdeiros. Combatente das melhores causas até o fim da vida, fica para todos nós seu exemplo de dedicação ao Brasil e à Universidade, sua trajetória ímpar de intelectual e homem público, e os ensinamentos de sua vasta obra e incontáveis aulas ministradas. À família e amigos, o IE manifesta os mais profundos sentimentos neste momento difícil.
Recebam nosso abraço fraterno e toda nossa solidariedade.

Leia reportagem que descreve trajetória de Wilson Cano, publicada no Jornal da Unicamp:
A economia bem-temperada de Wilson Cano

E neste vídeo, publicado originalmente em 2015, o professor fala sobre economia latino-americana, a discussão da pobreza e da má distribuição de renda, sobre o trabalho na Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), ditadura militar e sobre as políticas neoliberais.

"Sou um economista que respeita muito a história, e sempre que estou raciocinando para um problema presente, ou pensando no futuro, eu olho o passado".

 

Imagem de capa

Wilson Cano, pesquisador emérito do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Wilson Cano, pesquisador emérito do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)