Unicamp oferecerá cursos em parceria com procuradores do trabalho

No pulpito o presidente da ANPT é observado por Marcelo Knobel e outros membros da mesa durante a cerimônia de assinatura
O reitor Marcelo Knobel participou da cerimônia de instalação da escola da ANPT. Em pé está o presidente do órgão Ângelo Farias da Costa

A Unicamp e a Escola da Associação Nacional de Procuradores do Trabalho (ANPT) firmaram um convênio para viabilizar a promoção de cursos, estudos, pesquisas e projetos pedagógicos em conjunto. A assinatura do documento foi na manhã desta quinta-feira, (23) na sede da Procuradoria Geral do Trabalho (PGT) em Brasília, durante a cerimônia que marcou a instalação da escola.

“A ideia deste convenio é poder colaborar com procuradores do trabalho no sentido de aproximar as duas instituições públicas que são fundamentais para o desenvolvimento da nossa sociedade”, destacou o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel. Para ele, as duas instituições ganham bastante com a possibilidade de desenvolver trabalhos em parceria. “Poderemos seguir juntos colaborando para um país cada vez melhor”, afirmou.

De acordo com o professor da Unicamp Luis Renato Vedovato, membro do Observatório das Migrações em São Paulo, os cursos serão na Unicamp, em Ensino a distância (EAD) e na sede da Escola da ANPT.  Ele ressalta que as atividades serão montadas em conjunto entre professores das duas instituições. “Dessa forma a Unicamp poderá aprofundar suas relações com o mundo do direito migratório, da proteção contra o trabalho escravo e do combate ao tráfico de pessoas. Será possível trazer o elemento jurídico, que não é tão presente na universidade, uma vez que nós não oferecemos o curso de Direito”.

A Unicamp desenvolve importantes pesquisas nas áreas citadas por Vedovato. Isso chamou a atenção do órgão. Depois da assinatura do convênio foi promovida uma aula magna, ministrada pelo professor e desembargador Ingo Wolfgang Sarlet, com o tema “Proibição de retrocesso, direitos sociais e reforma trabalhista”.

Imagem de capa

Marcelo Knobel e o presidente da ANPT seguram o documento e sorriem para a câmera
Documento foi assinado por Marcelo Knobel e pelo presidente da ANPT