Knobel toma posse como 12º reitor da Unicamp

O físico Marcelo Knobel, de 48 anos, tomou posse no início da noite desta quarta-feira (19) como o 12º reitor da Unicamp, em sessão solene realizada no auditório da Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Diante de uma plateia formada por autoridades, integrantes da comunidade universitária e convidados, Knobel reafirmou a sua disposição de realizar uma gestão aberta ao diálogo tanto no âmbito interno quanto externo e comprometida com a defesa, a renovação e o avanço da Universidade. [Acesse ou reveja vídeo da posse]

Além de Knobel, compuseram a mesa diretora da solenidade a professora Teresa Atvars, sua companheira de chapa; o reitor José Tadeu Jorge (gestão 2013-2017); o coordenador-geral da Universidade, Alvaro Crósta (gestão 2013-2017); o chefe de gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo, Maurício Juvenal, que representou o governador Geraldo Alckmin; e o prefeito de Campinas, Jonas Donizette.

Em seu discurso, Knobel falou sobre o seu vínculo pessoal com a Unicamp, iniciado quando tinha 8 anos de idade, e da sua trajetória profissional na Universidade, construída a partir do momento em que se tornou docente do Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW), aos 27 anos, depois de ter feito a graduação e o doutorado na própria instituição.

Ao comentar sobre os desafios que terá que enfrentar, o dirigente antecipou que a tônica da sua gestão será aceitar os desajustes e desencontros presentes na Unicamp, “não no sentido de deixar que continuem, mas no sentido de não os ignorar, de não buscar culpados ou salvadores, mas sim de, compreendendo a sua origem, promover, por meio do debate, o encontro de opiniões e a elaboração de processos para superá-los de forma positiva e produtiva”. E completou: “Porque o saldo das qualidades da nossa Universidade é imensamente maior do que o débito dos seus problemas”.

Tadeu Jorge despediu-se da função agradecendo o apoio recebido da comunidade universitária ao longo dos últimos quatro anos. Ele preferiu não fazer um balanço da sua gestão, mas citou alguns indicadores que, segundo ele, são reveladores do avanço obtido pela Unicamp no período 2013-2017. A despeito da crise econômica que afetou o Brasil e da consequente queda dos recursos orçamentários, a Universidade não virou “terra arrasada”, conforme o docente.

Como exemplo das realizações da sua gestão, Tadeu Jorge citou o programa de recomposição do quadro docente, medida que classificou como fundamental para a manutenção da qualidade das atividades de ensino e pesquisa da Unicamp. “Quando assumimos a Universidade, nosso quadro docente era composto por 1.739 professores. Agora, são 1909, sendo que nos últimos quatro anos foram registradas 263 aposentadorias. Essas e outras medidas deixam a Unicamp preparada para alçar novos voos quando a crise passar, e ela vai passar”, prognosticou.

Maurício Juvenal desejou sucesso à nova gestão da Unicamp e colocou a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação à disposição de Marcelo Knobel, “para auxiliar nos projetos que assegurem o avanço da Universidade”. O prefeito Jonas Donizette destacou a importância da Unicamp para Campinas e para o Brasil e reafirmou a disposição de continuar mantendo parcerias com a instituição, de modo a aproveitar o conhecimento gerado na Universidade em ações e programas que beneficiem a população.

Equipe

Além de Teresa Atvars, que responderá pela Coordenadoria Geral da Universidade, o reitor Marcelo Knobel contará na Alta Administração com a colaboração dos seguintes pró-reitores: Munir Skaf (Pesquisa), André Furtado (Pós-Graduação), Eliana Amaral (Graduação), Fernando Hashimoto (Extensão e Assuntos Comunitários) e Marisa Beppu (Desenvolvimento Universitário). A Chefia de Gabinete e a Chefia de Gabinete Adjunta serão ocupadas por Joaquim Bustorff e Shirlei Pimentel, respectivamente. Os nomes serão submetidos ao Conselho Universitário (Consu), órgão máximo deliberativo da Unicamp, para confirmação.

Clique aqui para ler a íntegra do discurso do reitor Marcelo Knobel
 

Leia também: Knobel defende diálogo, trabalho e transparência para superar problemas

Assista reportagem produzida pela TV Unicamp

Marcelo Knobel faz primeiro discurso como reitor da Unicamp
Marcelo Knobel faz primeiro discurso como reitor da Unicamp
Marcelo Knobel assina termo de posse
Marcelo Knobel assina termo de posse
Os professores eméritos Cylon Gonçalves da Silva e Adil Samara conduzem Marcelo Knobel à mesa
Os professores eméritos Cylon Gonçalves da Silva e Adil Samara conduzem Marcelo Knobel à mesa
O reitor José Tadeu Jorge (gestão 2013-2017)
O reitor José Tadeu Jorge (gestão 2013-2017)
O prefeito Jonas Donizette ao lado de Marcelo Knobel e Teresa Atvars
O prefeito Jonas Donizette ao lado de Marcelo Knobel e Teresa Atvars
Público lotou o auditório da FCM para acompanhar a solenidade
Público lotou o auditório da FCM para acompanhar a solenidade