Busca no Clipping

FOLHA DE S.PAULO ONLINE

"Hoje os psiquiatras conseguem diagnosticar relativamente bem a esquizofrenia, mas eles não possuem nenhuma ferramenta molecular, nenhum teste, que os ajude a escolher a medicação mais adequada para um paciente tomar. Eles optam, praticamente, ao acaso", diz Daniel Martins-de-Souza, professor da Unicamp e um dos autores do estudo, publicado na revista científica Frontiers Psychiatry.

CORREIO.COM.BR

O Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp passa a ser o quarto do Estado de São Paulo, e o segundo do Interior paulista, a contar com um Banco de Tecidos e Terapia Celular. A nova área, de 260 m², foi inaugurada ontem, se juntando ao HC da USP, à Santa Casa de São Paulo e ao Hospital Universitário de Marília. O espaço permite o processamento, armazenamento e disponibilização de tecidos biologicamente seguros, como ossos, cartilagens, tendões, ligamentos, meniscos e fáscias, utilizados em cirurgias nas áreas de ortopedia, neurocirurgia, otorrinolaringologia, cirurgia plástica, odontologia, entre outras.

FOLHA DE S.PAULO

“Hoje os psiquiatras conseguem diagnosticar relativamente bem a esquizofrenia, mas eles nào possuem nenhuma ferramenta molecular, ne nhum teste, que os ajude a escolher a medicação mais adequada para um paciente tomar. Eles optam, praticamente, ao acaso”, diz Daniel Martins-de-Souza, professor da Unicamp e um dos autores do estudo, publicado na revista científica Frontiers Psychiatry.

CORREIO POPULAR

A noite desta sexta-feira em Campinas promete ser de boa conversa sobre os caminhos, dilemas e possibilidades da literatura brasileira, com foco na produção dos autores negros comprometidos em refletir sobre os fatores históricos e culturais que contribuíram e contribuem para a exclusão da população negra do País. O lugar é a Biblioteca Municipal Professor Ernesto Manoel Zink. É lá que, a partir das 19 horas, os escritores Carlindo Fausto Antônio e Plínio Camillo, o cartunista Junião, a professora Natasha Magno, da Unicamp, e o editor Marciano Ventura, da Ciclo Contínuo, estarão reunidos para um debate com o público sob o tema A Literatura Brasileira na Ótica dos Escritores Negros.

METRO CAMPINAS

A Unicamp inaugurou ontem o primeiro banco de Tecidos e Terapia Celular da região. O local, que possui um espaço de 260 m2, vai permitir o processamento, armazenamento e a disponibilização de tecidos biologicamente seguros ossos, cartilagens, tendões, ligamentos, meniscos e fáscias.

CORREIO POPULAR

O Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp passa a ser o quarto do Estado de São Paulo, e o segundo do Interior paulista, a contar com um Banco de Tecidos e Terapia Celular. A nova área, de 260 m2, foi inaugurada ontem, se juntando ao HC da USP, à Santa Casa de São Paulo e ao Hospital Universitário de Marüia. O espaço permite o processamento, armazenamento e disponibilização de tecidos biologicamente seguros, como ossos, cartilagens, tendões, ligamentos, meniscos e fáscias, utilizados em cirurgias nas áreas de ortopedia, neurocirurgia, otorrinolaringologia, cirurgia plástica, odontologia, entre outras.

JORNAL DO COMÉRCIO

Um artigo publicado no Journal of Medicinal Chemistry de autoria de um grupo de pesquisadores do Instituto de Física de São Carlos, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF), ambos da Universidade de São Paulo (USP), e do Instituto de Química da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), descreve a descoberta de derivados de produtos naturais marinhos com atividade contra o Plasmodium falciparum, um dos parasitas causadores da malária.

CBN CAMPINAS

Atualmente, segundo diferentes levantamentos, a ferrovia responde por 15% a 20% da matriz de transporte de carga brasileira e a rodovia, em torno de 60%. O ideal é que houvesse um maior equilíbrio entre os modais, como ocorre em outros países. Segundo o docente do Departamento de Geotecnia e Transportes da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Unicamp, Carlos Alberto Bandeira Guimarães, o Brasil deveria rever o plano de expansão, não só do transporte ferroviário, mas também de outros modais.

G1/NACIONAL

O período de janeiro a maio de 2018 foi o segundo mais seco em Campinas (SP) desde 1989, segundo dados do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri) da Unicamp.

METRO

0 número de transplantes realizados no HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) aumentou em 39,6% no ano passado, em relação a 2016. No total, foram 490 procedimentos, ante 351 no ano anterior. Os dados foram divulgados pelo Anuário Estatístico da Unicamp.

O GLOBO

A greve de caminhoneiros que parou o país mostrou como as cidades brasileiras dependem de combustíveis. Para a pesquisadora Flávia Consoni, professora e coordenadora do Laboratório de Estudos do Veículo Elétrico da Unicamp, é hora de apostar em transportes não poluentes: — Veículos elétricos só se tornam realidade se forem inseridos em políticas públicas. É necessário incentivar eletropostos, locais para recarregá-los.

METRÔ NEWS

O Atlas Temático da Migração Refugiada em São Paulo apontou que 55% das mulheres refugiadas não têm ocupação no mercado de trabalho ou estão em empregos precários. Considerando homens e mulheres, 0 percentual é de 38%. Os dados fazem parte da publicação da Universidade de Campinas (Unicamp), lançada anteontem em homenagem ao Dia Mundial do Refugiado, 20 de junho.

O LIBERAL

A chegada do inverno nesta quinta-feira redobra as atenções e preocupações com a estiagem e suas consequências. A estação mais longa e fria do ano, tradicionalmente também é a mais seca. Mas em 2018, essa condição se potencializa com a falta de chuvas na região. De janeiro a maio, choveu apenas 50% do volume esperado. O índice é expressivo e “preocupante”, segundo destaca a meteorologista e pesquisadora do Cepagri da Unicamp, Ana Ávila.

CORREIO POPULAR

Curitiba (PR) e Salvador (BA) receberão, a partir deste ano, o vestibular da Unicamp. Com isso, as provas serão realizadas em cinco capitais brasileiras e em 29 cidades paulistas. As inscrições começam em agosto.

UOL ESPORTE

*Humberto Miranda é professor de Economia na UNICAMP.

O ESTADO DE S.PAULO

A preocupação é compartilhada por especialistas. O professor de Engenharia de Trânsito Creso de Franco Peixoto, da Universidade Estadual de Campinas, alerta que os veículos já não respeitam os limites de velocidade mesmo com as cancelas. Sem os equipamentos, os veículos poderão acelerar ainda mais. “Se um veículo entrar no guichê errado e brecar, a carreta que vem atrás poderá passar por cima”, alerta. “Qualquer mudança precisaria ter um estudo como base.”

CORREIO POPULAR

Até o final deste ano, três prédios importantes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) serão autossuficientes em energia elétrica. Trata-se da primeira etapa de um projeto ambicioso, o Campus Sustentável, que vai recorrer à energia solar para movimentar o maior número possível de departamentos. Os recursos para o financiamento das pesquisas e a compra de materiais vêm de parcerias firmadas com a iniciativa privada.

GOVERNO DE SÃO PAULO

Professores do Ensino Médio da rede pública e particular de ensino poderão participar de oficinas sobre as diferentes provas do Vestibular da Unicamp. O evento acontece no dia 5 de agosto das 9h às 17h no campus da universidade, em Campinas.

O LIBERAL ONLINE

A chegada do inverno nesta quinta-feira redobra as atenções e preocupações com a estiagem e suas consequências. A estação mais longa e fria do ano, tradicionalmente também é a mais seca. Mas em 2018, essa condição se potencializa com a falta de chuvas na região. De janeiro a maio, choveu apenas 50% do volume esperado. O índice é expressivo e “preocupante”, segundo destaca a meteorologista e pesquisadora do Cepagri da Unicamp, Ana Ávila.

CBN CAMPINAS

O Hospital de Clínicas da Unicamp registrou um crescimento de 40% no número de transplantes realizados no último ano. Foram 490 transplantes de córnea, coração, medula óssea, rim e fígado efetuados em 2017, um aumento real de 39,6% em relação a 2016. A Organização de Procura de Órgãos da Unicamp, que trabalha com doadores falecidos há 25 anos, registrou crescimento de 86, em 2012, para 132 no ano passado.