Trabalhos da Unicamp são finalistas de prêmio de inovação médica

Dois trabalhos desenvolvidos na Unicamp são finalistas na categoria inovação do Prêmio Abril & Dasa de Inovação Médica 2019. A pesquisa CranFlow  - Uma aplicação online para seguimento clínico e subsídios para políticas públicas em anomalias craniofaciais de autoria de  Vera Lúcia Gil da Silva Lopes e Isabella Lopes Monlleó, do Departamento de Genética Médica e Medicina Genômica da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, foi realizada em conjunto com Roberta Mazzariol Volpe Aquino, da Universidade Federal de Alagoas. 

O outro trabalho finalista é Diagnóstico diferencial e simultâneo de zika, dengue, chikungunya e co-infecções baseado em biomarcadores, de Fábio Neves dos Santos, Aline Maria Araujo Martins, Kelly Grace Magalhães, Aldina Maria Prado Barral, Antonio Ricardo Khouri e Marcos Nogueira Eberlin.

Além do júri técnico, de 12 a 19 de setembro será possível votar nos trabalhos concorrem ao Prêmio Abril & Dasa de Inovação em Saúde. A votação pode ser feita no site do prêmio. Os vencedores serão conhecidos em uma cerimônia realizada em São Paulo no dia 8 de novembro. 

Confira a lista dos 15 finalistas que concorrem em quatro categorias.

Leia matéria na íntegra no site da FCM.