Unicamp vai ampliar ações culturais junto ao Estado

O secretário adjunto Romildo Campello está sentado em frente ao professor Fernando Hashimoto. Ambos vestem roupas mais formais. Sobre a mesa há vários objetos como teclado de computador, café e bolachas
Romildo Campello na sala de reuniões do Gabinete do Reitor, com Fernando Hashimoto

A Unicamp recebeu na quinta-feira, 14, a visita do secretário adjunto de Cultura do estado de São Paulo, Romildo Campello. Numa reunião com o pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários Fernando Hashimoto, foram discutidas estratégias de aproximação entre a universidade e o governo do Estado para a área da cultura. “A Unicamp tem uma produção de arte diferenciada no cenário das universidades do estado de São Paulo e há muitos pontos de convergência entre a visão da secretaria para o setor cultural e a visão da instituição”, destacou Campello.

O secretário observou que a universidade e a secretaria entendem a cultura da mesma forma, sob três dimensões: a estética; como elemento de identidade cultural; e econômica, como forma de gerar emprego, renda e inclusão social.  “Estamos fazendo aqui o esforço de pensar em ações conjuntas respeitando a autonomia e o papel de cada um”, acentuou. Campello disse que ele e Hashimoto estavam dando continuidade as conversas já iniciadas pelo atual secretário do estado de Cultura José Luiz Penna e o reitor Marcelo Knobel.

De acordo com Hashimoto a Unicamp poderá oferecer cursos de formação para técnicos não presenciais e extensivos a todo o Estado. A produção cultural da universidade deverá entrar na programação da secretaria, que tem a intenção de abrir os espaços e equipamentos como por exemplo a Sala São Paulo, aos artistas e espetáculos da Unicamp. “Temos uma produção grande que precisamos retornar para a sociedade. Mas temos certa dificuldade de expandir isso sozinhos. Pensamos em uma parceria de longo prazo”, afirmou Hashimoto.

Para Campello a aproximação entre a Unicamp e a secretaria deverá representar um auxílio na área de extensão, além da inclusão da produção cultural e educativa nas políticas públicas estaduais. “A parceria nos ajuda a refletir sobre as políticas públicas. Vamos procurar aproveitar a vocação e o melhor de cada um”.

 

Imagem de capa

Secretário adjunto de Cultura do estado de São Paulo, Romildo Campello com o pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários da Unicamp,  Fernando Hashimoto:  "ações conjuntas respeitando a autonomia e o papel de cada um"
Secretário adjunto de Cultura do estado de São Paulo, Romildo Campello com o pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários da Unicamp, Fernando Hashimoto: "ações conjuntas respeitando a autonomia e o papel de cada um"