Unicamp esclarece sobre Plano de Vacinação para Comunidade Interna

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

Terá inicio hoje, terça-feira (19) a implementação do Plano de Vacinação da Unicamp. A Universidade recebeu da Secretaria Estadual da Saúde 4 mil doses da vacina, que vão possibilitar a imunização de 2 mil profissionais que atuam diretamente na atenção a pacientes confirmados ou com suspeitas da Covid-19 nas unidades de saúde da Universidade. 

Tendo em conta o restrito número de doses recebidas neste momento vimos esclarecer que:

  1. O plano segue as diretrizes elaboradas pelo Estado de São Paulo em relação às datas de aplicação das duas doses das vacinas e também aos públicos que serão priorizados nesta primeira fase da vacinação;
  2. As coordenações do CECOM, CAISM e HC definirão a lista de servidores a serem imunizados;
  3. Esta lista será constituída com responsabilidade e isenção e incluirão profissionais que representam a força de trabalho no cuidado à doença, e apresentam maior risco de contaminação por estarem em contato direto com os pacientes confirmados ou suspeitos;
  4. Assim, serão priorizados profissionais que atuam nas Unidades de Emergência e Pronto-Atendimento, nas UTIs, Enfermarias específicas para o tratamento da COVID-19, Centros Cirúrgicos, Radiologia e Unidade de Neonatologia; além daqueles que lidam diretamente com amostras contendo o vírus.
  5. Estes trabalhadores serão reconhecidos por suas respectivas Unidades, e convocados por elas a comparecer aos postos de vacinação em horário pré-determinado, durante o período da vacinação.
  6. Os demais trabalhadores da saúde que não estiverem entre os indicados para esta primeira etapa, e outros grupos previstos na primeira fase do plano estadual de vacinação (idosos, indígenas e quilombolas) serão incluídos no cronograma conforme novas doses de vacinas cheguem à Universidade.

Informações adicionais:

1. A aplicação ocorrerá das 8h30 às 21h30 em postos montados no

HC, Caism e Cecom, obedecendo o seguinte cronograma:

a. No HC, a 1a dose será aplicada de 19/01 a 29/01 e a 2a dose de 09/02 a 19/02;

b. No Caism, a 1a dose será aplicada de 19/01 a 27/01 e a 2a dose de 09/02 a 17/02;

c. No Cecom, a 1a dose será aplicada de 19/01 a 22/01 e a 2a dose de 09/02 a 12/02.

Estamos diante do maior desafio global da atualidade. Pouco mais de 14 meses depois do início da pandemia de coronavírus, a ciência produziu o único antídoto que pode erradicar o SARS-CoV-2: a vacina. A disponibilidade de vacinas é, entretanto, restrita e apenas o primeiro passo. Há ainda um grande caminho a percorrer. Somente com um número considerável de pessoas vacinadas a circulação do coronavírus poderá ser interrompida, assegurando proteção à população como um todo. Enquanto isso é fundamental a manutenção dos cuidados sanitários, uso de mascaras de proteção e distanciamento social.
 

Reitoria da Unicamp
Campinas, 19 de janeiro de 2021.

Imagem de capa

Vacinação para Comunidade Interna Unicamp
Vacinação para Comunidade Interna Unicamp