Alunos da Unicamp podem contratar planos especiais de internet móvel

Alunos de graduação e pós-graduação da Unicamp poderão contratar planos de internet móvel com preços mais acessíveis para garantir a comunicação e o acesso à rede durante o período de quarentena contra o coronavírus e de suspensão das atividades presenciais da universidade. Os pacotes são oferecidos pelas operadoras Oi, Vivo e Claro e os estudantes podem optar pelo plano que considerarem mais vantajoso. 

A Vivo oferece aos alunos da Unicamp até 17 GB de bônus de internet adicionais. Nos planos de 3,5 GB, 4 GB e 5GB, os alunos ganham mais 5 GB de bônus e mais 500 MB extras ao optar pela conta digital, totalizando então 9 GB, 13,5GB e 15,5 GB. Já no plano de 7 GB, são 17 GB de bônus. Os valores vão de R$ 39,99 até R$ 99,99. Para contratar os planos especiais, os alunos devem acessar este site específico. O bônus oferecido pela Claro é de 2 GB extras no plano de 4 GB. Com isso, os estudantes podem contratar 6 GB de internet móvel por R$ 49,99 ao mês. Em virtude do isolamento social necessário para conter a pandemia do coronavírus, as lojas físicas da operadora estão fechadas e os serviços de atendimento operando com 30% dos funcionários. Por isso, para contratar os planos, alunos da Unicamp devem entrar em contato com os seguintes números: 

Elicelmo Vieira: (19) 99195-7362
Reginaldo Angelone: (19) 99164-9625
Juliano Fernandes: (19) 99187-7199
José Renato: (19) 99284-6620
Celso Silva: (19) 99467-7387

Já a Oi oferece planos de 6 GB, 12 GB, 16 Gb, 50 Gb e até 100 GB, os valores variam de R$ 39,99 a R$ 129,90 por mês. As condições estão disponíveis no site da operadora. 

Esta é mais uma das medidas adotadas pela Unicamp para garantir aos alunos a continuidade das atividades acadêmicas da melhor forma possível. "Todo mundo tem a necessidade de acesso à internet e agora com a quarentena os alunos acabam tendo mais gastos com seus planos de dados. Por isso, pensamos em garantir essa possibilidade de acesso aos alunos e foi feito esse contato com as operadoras, para ver o que elas poderiam oferecer aos estudantes nesse período", detalha Cláudia Cavaglieri, diretora executiva de administração da Unicamp. 

Além dos pacotes especiais de internet móvel, disponível a todos os estudantes, na semana passada o Observatório de Direitos Humanos da Unicamp começou o empréstimo de equipamentos de informática aos alunos de graduação e pós-graduação conforme critérios socioeconômicos. Junto aos equipamentos, são entregues 500 chips com 10 GB de internet para que esses alunos tenham condições de acessar a rede e realizar as atividades remotas de seus cursos. 
 

Imagem de capa

foto mostra uma mão manuseando um tablet
Operadoras oferecem pacotes com preços mais acessíveis durante suspensão de atividades presenciais