Livros de Marcelo Knobel discutem ciência, negacionismo e ensino superior

Reitor da Unicamp entre 2017 a 2021, o físico Marcelo Knobel fez na quarta-feira (11/5) o lançamento presencial de dois livros que têm a ciência como eixo central. 

Em A Ilusão da Lua (Editora Contexto), Knobel usa a chamada “ciência do cotidiano” para combater o negacionismo.

Ganhador do prêmio José Reis de Divulgação Científica do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) em 2019 e há dois anos à frente do canal “Espaço Recíproco”, em que discute temas científicos com especialistas, Knobel desvenda no livro fenômenos que poderiam soar intrincados aos não iniciados.

Por exemplo, explica por que a Lua parece maior quando está na linha do horizonte, descreve em detalhes o processo de cozimento de um peru e revela as transformações químicas resultantes da torrefação do café.O

Reitor da Unicamp entre 2017 a 2021, o físico Marcelo Knobel
O físico Marcelo Knobel que foi reitor entre 2017 a 2021: Há dois anos à frente do canal Espaço Recíproco 

 “Quis mostrar a beleza que existe na ciência do cotidiano”, explicou o professor, que recolheu no livro textos produzidos ao longo dos anos juntamente com materiais mais recentes, em que aborda temas como a resistência à vacinação durante a pandemia e as dificuldades do país em estabelecer sistemas de enfrentamento da Covid-19. 

O livro, segundo ele, tem três grandes vertentes. Na primeira, explora a beleza de se fazer ciência e tenta mostrar,  especialmente aos novos estudantes, como pode ser prazeroso trabalhar na busca do conhecimento.

Na segunda, explica a lógica do fazer científico. Na última parte, propõe uma discussão sobre verdade e mentira. Segundo Knobel, o objetivo é reagir àqueles que disseminam mentiras “disfarçadas de ciência”.

A obra já havia sido lançada em plataformas digitais em março do ano passado. Agora, com o abrandamento dos efeitos da pandemia, Knobel decidiu promover seu lançamento presencial.

O segundo  livro

Já em A Universidade e seu compromisso com a sociedade (Editora Blucher), Knobel propõe reflexões sobre o ensino superior e sua importância para o desenvolvimento do país. 

O autor lembra que o ensino público superior tem sido objeto de ataques sistemáticos e precisa lutar por sua autonomia acadêmica e administrativa.

O duplo lançamento aconteceu na Livraria da Vila do Shopping Iguatemi Campinas. 

Perfil

Nascido em 1968, Marcelo Knobel ingressou no curso de física da Unicamp em 1986 e formou-se em 1989. Três anos depois, obteve, também pela Unicamp, o título de doutor em ciências. 

Depois de estágios de pós-doutorado no Instituto Eletrotécnico Nacional Galileo Ferraris, na Itália, e no Instituto de Magnetismo Aplicado, na Espanha, ingressou por concurso no Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW) da Unicamp. 

Em 2008, tornou-se professor titular. Antes de assumir a Reitoria, Knobel foi pró-reitor de Graduação.

Leia mais: 

A ilusão da lua (Ciência e Cotidiano) 

Há mais ciência ao nosso redor do que percebemos, defende físico em livro

Serviço:

##

A ilusão da Lua

Autor: Marcelo Knobel

Editora Contexto

ISBN: 978-65-5541-053-2

Formato: 16 x 23 cm

Ano: 2022

Páginas: 160 p.

 

##

Reflexões sobre Educação Superior

Autor: Marcelo Knobel

Editora Blucher

ISBN: 9786555061437

Formato: 16 x 23 cm

Ano: 2021

Páginas: 244 p.

Imagem de capa

Ganhador do prêmio José Reis de Divulgação Científica do CNPq em 2019, o ex-reitor está há dois anos à frente do canal “Espaço Recíproco” no Youtube, em que discute temas científicos com especialistas
Ganhador do prêmio José Reis de Divulgação Científica do CNPq em 2019, o ex-reitor está há dois anos à frente do canal “Espaço Recíproco” no Youtube, em que discute temas científicos com especialistas