Unicamp recebe Comissão de Estudos da Câmara de Campinas

Foto Perri

Representantes da Administração Central da Unicamp estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (3) com vereadores que integram a Comissão Especial de Estudos da Lei 10.639/03 da Câmara Municipal de Campinas. A legislação incluiu no currículo oficial da rede de ensino pública e privada a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Africana”. O objetivo do encontro, solicitado pelo presidente da Comissão, vereador Carlos Roberto Oliveira, foi “apoiar, estimular e consolidar a permanência dos futuros estudantes negros/cotistas na Universidade”, cujo ingresso ocorrerá a partir deste ano. Também participaram da reunião docentes e representantes de movimentos sociais negros da Unicamp.

Na oportunidade, Oliveira e os demais vereadores parabenizaram a Universidade pela adoção da política de cotas étnicos-raciais para ingresso no ensino de graduação, mas destacaram que tão importante quanto ampliar a participação desse grupo social na Unicamp, é desenvolver ações que combatam o racismo e que assegurem a permanência e o desenvolvimento dos estudantes negros/cotistas. O reitor Marcelo Knobel apresentou aos presentes uma relação de iniciativas nesse sentido, que já foram adotadas ou estão em formatação.

Aos presentes, Knobel reafirmou que a disposição da Universidade não é somente promover a diversidade, mas combater todas as formas de discriminação, racismo e violência, além de contribuir para a construção de uma cultura de paz. Entre as medidas vinculadas a esses compromissos, o reitor citou a criação da Cátedra de Refugiados, da Diretoria Executiva de Direitos Humanos e das secretarias de Diversidade, Violência Sexual contra a Mulher e de Acessibilidade. “São questões importantes para as quais contamos com a contribuição de vocês e do restante da sociedade. Estamos permanentemente abertos ao diálogo”, declarou o dirigente.

Foto Perri

Durante a reunião, surgiram propostas que serão analisadas pormenorizadamente pelas partes, em novas reuniões. O vereador Oliveira afirmou que ficou satisfeito tanto com aposição quanto com as iniciativas já tomadas pela Unicamp. Ele enfatizou, porém, a necessidade da realização de ações permanentes de combate ao racismo. “É nesse sentido que solicitamos esta reunião com o reitor Marcelo Knobel. Queremos oferecer a nossa contribuição para a construção de uma universidade mais diversa, mais tolerante e mais representativa do conjunto da sociedade”.

Além de Knobel e Oliveira, participaram da reunião a pró-reitora de Graduação, professora Eliana Amaral; o coordenador executivo da Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest), professor José Alves de Freitas Neto; o chefe de gabinete da Reitoria, professor José Antonio Rocha Gontijo; além dos vereadores Professor Alberto, Mariana Conti e Luiz Rossini.

Imagem de capa

Reunião entre representantes da Administração Central da Unicamp e Comissão da Câmara de Vereadores
Reunião entre representantes da Administração Central da Unicamp e Comissão da Câmara de Vereadores