Unicamp assina Cátedra de Refugiados e lança Pacto de Educação em Direitos Humanos

Uma cerimônia no Salão Vermelho da Prefeitura de Campinas, no dia 19 de outubro, às 10 horas, marca o lançamento municipal do Pacto Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, da Cultura da Paz e dos Direitos Humanos e a assinatura da Cátedra Sérgio Vieira de Mello. O evento reúne representantes do Ministério da Educação, do Ministério dos Direitos Humanos, da Prefeitura Municipal de Campinas, da Unicamp, da Faculdades Anhanguera e do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados. “A Unicamp está constantemente buscando novas maneiras de interagir com a sociedade, e essas iniciativas fazem parte desse contexto. Pretendemos trabalhar em diversas dimensões para gerar oportunidades de discussão de temas urgentes para a sociedade, que incluem diálogo, cidadania, diversidade em torno de uma cultura de paz”, declara o reitor Marcelo Knobel.

Foto: Scarpa
O reitor Marcelo Knobel

Na Unicamp, a Cátedra começou a ser implantada em junho deste ano, sob coordenação da professora Rosana Baeninger, do Núcleo de Estudos da População (Nepo) e do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. O grupo de trabalho da Unicamp já realizou atividades no sentido de acolher esta população, difundir o Direito Internacional dos Refugiados e discutir sobre formação acadêmica, capacitação de professores e estudantes no tema. “As ações da Cátedra visam, de um lado, promover a formação acadêmica com disciplinas nas diferentes áreas do conhecimento, difundir conhecimentos científicos para a sociedade sobre temas relacionados ao refúgio, a capacitação de discentes e docentes na temática, o incremento da produção científica sobre o tema, a mobilidade acadêmica, a inserção da universidade na rede internacional sobre educação e refúgio, a capacitação de gestores públicos, dentre outras. De outro lado, busca implementar iniciativas que atendam as necessidades da população refugiada no que se refere ao ensino da língua portuguesa, a revalidação de diplomas, o acesso e permanência no ensino superior e demais interações com a sociedade”, declara Rosana.

Foto: Scarpa
Rosana Baeninger, do Núcleo de Estudos da População (Nepo)

A Cátedra Sérgio Vieira de Melco foi Criada em 2003 pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), com o objetivo de amparar a população em situação de refúgio por meio de ações que envolvem educação, pesquisa e extensão acadêmica.

Pacto

O comitê técnico da Unicamp para o Pacto Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, da Cultura de Paz e dos Direitos Humanos iniciou as atividades em julho e é coordenado pela professora do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas Néri Barros de Almeida. Lançado em 24 de novembro de 2016 pelos Ministérios da Educação e dos Direitos Humanos, o Pacto tem como pretensão construir uma cultura da paz e do respeito à diversidade nas instituições de educação superior. A participação é aberta a faculdades, institutos, centros universitários e universidades públicas, privadas e comunitárias, bem como entidades ou associações de educação superior, organizações da sociedade civil, entidades da Administração Pública federal, estadual, distrital ou municipal, fundações ou empresas nacionais e internacionais que se comprometam a exercer atividades de apoio às iniciativas do pacto.

Foto: Perri
Néri Barros de Almeida, do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas

 

Serviço

Dia: 19 de outubro (quinta-feira)

Horário: das 10 às 12 horas

Local: Salão Vermelho da Prefeitura de Campinas – Avenida Anchieta, 200 – Centro, Campinas (SP)

Informações pelo telefone 19 32311867