Cartões para ‘vale alimentação’ deverão ser entregues nos próximos dias

Os assistentes técnicos das unidades e órgãos (ATUs) da Unicamp estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira (13), no auditório do Grupo Gestor de Benefícios Sociais (GGBS), para receber os novos cartões de vale alimentação que deverão ser entregues aos funcionários nos próximos dias. Representantes do GGBS e da Verocheque Refeições Ltda, empresa contratada por processo licitatório pela Unicamp para administrar o benefício, tiraram dúvidas sobre a entrega dos cartões e sobre as novas regras de utilização.

Reunião entre representantes do GGBS, da Verocheque Refeições e assistentes técnicos das unidades da Unicamp
Reunião entre representantes do GGBS, da Verocheque Refeições e assistentes técnicos das unidades da Unicamp

Em agosto deste ano, a Unicamp homologou a licitação (pregão eletrônico DGA nº 466/17) para contratação de empresa especializada na administração de cartões para vale alimentação. O contrato com a antiga empresa responsável pelos cartões (Sodexo) tinha vigência de cinco anos e encerrou-se em agosto.

Segundo o coordenador da DGA, Andrei Vinicius Gomes Narcizo, a vencedora é uma empresa consolidada no mercado, atendeu a todos os requisitos estipulados na licitação e atende a clientes de grande porte, como a prefeitura de Campinas e a Fapesp. De acordo com ele, a Verocheque tem cerca de 250 supermercados e hipermercados cadastrados em Campinas, entre eles as redes Carrefour, Extra, Enxuto, Pão de Açúcar, Walmart, Dalben e Covabra, além de estabelecimentos de menor porte, como padarias. "Checamos todas as redes informadas para confirmar o seu credenciamento", garantiu Narcizo.

O coordenador da DGA informou que a Verocheque se comprometeu a atuar junto às redes comerciais ainda não cadastradas, mas que sejam de interesse dos servidores da Unicamp. "Isso será feito por meio do GGBS, que receberá essa demanda e repassará à empresa", explica Narcizo. "A Unicamp fará esforços para que o novo cartão seja aceito em todos os postos comerciais cobertos pela atual prestadora do serviço", concluiu.