Marcelo Knobel vence consulta para reitor

Marcelo Knobel
Marcelo Knobel venceu no primeiro turno o processo de Consulta à Comunidade, com 52,63% dos votos válidos ponderados


O físico Marcelo Knobel, de 48 anos, venceu no primeiro turno o processo de Consulta à Comunidade para Sucessão do Reitor da Unicamp. Knobel obteve 52,63% dos votos válidos ponderados. A segunda colocada foi a professora Rachel Meneguello, com 28,72%. Na sequência, ficaram os professores Luís Alberto Magna (13,34%), Léo Pini Magalhães (4,88%) e Antonio Fonseca (0,43%). A apuração, realizada no Ginásio Multidisciplinar da Universidade, foi encerrada por volta das 2h30 desta sexta-feira (17).

O nome de Knobel encabeçará a lista tríplice que será encaminhada ao Conselho Universitário (Consu). O Consu, posteriormente, enviará o documento ao governador do Estado de São Paulo, que tem a prerrogativa de nomear o reitor da Universidade. Tradicionalmente, o chefe do Executivo paulista referenda a decisão da comunidade universitária. O novo reitor cumprirá mandato de quatro anos (2017-2021).

Knobel teve a preferência entre os docentes, que lhe garantiram 1.009 votos, mais que o dobro da quantidade obtida pela segunda colocada, Rachel Meneguello, que recebeu 464 votos da categoria. Dos 38.261 eleitores com direito a voto, 9.056 compareceram às urnas, o que representou uma abstenção total de 76,33%. O maior percentual de ausência foi registrado entre os estudantes (92,51%).

De acordo com o presidente da Comissão Organizadora da Consulta (COC), professor Miguel de Arruda, todo o processo foi marcado por um clima de absoluta tranquilidade, respeito e participação. “Felizmente, tudo correu como esperado. A comunidade fez a sua escolha, dentro dos preceitos democráticos”, afirmou.

Logo após a divulgação do resultado oficial da apuração, Knobel foi ovacionado e cumprimentado por cerca de uma centena de pessoas. Ao ser questionado sobre como analisa o cumprimento de sua trajetória na Unicamp – de aluno de graduação a vencedor da consulta para reitor -, o docente disse que se sente muito honrado com a confiança demonstrada pela comunidade universitária. “Também é uma responsabilidade enorme ter que administrar uma Universidade da importância da Unicamp”, acrescentou.

Indagado sobre as dificuldades que a instituição terá que enfrentar, principalmente por causa da redução orçamentária, causada pela queda da atividade econômica do país, Knobel ponderou que procurará analisar cada questão com muito cuidado e que se pautará pelo diálogo em todas as instâncias.

Companheira de chapa de Knobel, a professora Teresa Atvars afirmou que o momento é de agradecer a confiança da comunidade universitária e o empenho da equipe que trabalhou na campanha. “Meu papel como coordenadora-geral da Unicamp será contribuir com o professor Marcelo Knobel para o cumprimento das propostas contidas em nosso programa de gestão”, antecipou.

Knobel será o 12º na linha de sucessão de Zeferino Vaz (1966-1978), fundador da Unicamp. Depois de Zeferino, vieram o dentista Plínio Alves de Moraes (1978-1982), o ginecologista José Aristodemo Pinotti (1982-1986), o economista Paulo Renato Souza (1986-1990), o linguista Carlos Vogt (1990-1994), o pediatra José Martins Filho (1994-1998), o engenheiro de eletrônica Hermano Tavares (1998-2002), o físico e engenheiro de eletrônica Carlos Henrique de Brito Cruz (2002-2005), o engenheiro de alimentos José Tadeu Jorge (2005-2009), o médico hematologista Fernando Ferreira Costa (2009-2013) e novamente José Tadeu Jorge (2013-2017).

Nota da Chapa Marcelo Knobel e Teresa Atvars

“Estamos muito felizes e agradecidos com a escolha feita pela comunidade. Ao longo dos últimos meses, trabalhamos com muito empenho para ouvir as pessoas que compõem a Unicamp. Construímos um Programa de Gestão que defende a universidade pública, gratuita, de qualidade e comprometida com a sociedade. Recebemos o apoio de centenas de pessoas que acreditaram num projeto comum, de uma Unicamp mais inclusiva, democrática, transparente, que busque a excelência e a retomada do seu protagonismo. Trabalharemos com todo empenho e dedicação nos próximos quatros anos. Nosso muito obrigado a todos (as) que confiaram e acreditaram em nosso projeto.”

Resultado final da consulta em primeiro turno

Mesa apuradora
Mesa apuradora
Comissão Organizadora assina ata com resultado
Comissão Organizadora assina ata com resultado