Marcelo Knobel vence consulta para reitor

Marcelo Knobel
Marcelo Knobel venceu no primeiro turno o processo de Consulta à Comunidade, com 52,63% dos votos válidos ponderados


O físico Marcelo Knobel, de 48 anos, venceu no primeiro turno o processo de Consulta à Comunidade para Sucessão do Reitor da Unicamp. Knobel obteve 52,63% dos votos válidos ponderados. A segunda colocada foi a professora Rachel Meneguello, com 28,72%. Na sequência, ficaram os professores Luís Alberto Magna (13,34%), Léo Pini Magalhães (4,88%) e Antonio Fonseca (0,43%). A apuração, realizada no Ginásio Multidisciplinar da Universidade, foi encerrada por volta das 2h30 desta sexta-feira (17).

O nome de Knobel encabeçará a lista tríplice que será encaminhada ao Conselho Universitário (Consu). O Consu, posteriormente, enviará o documento ao governador do Estado de São Paulo, que tem a prerrogativa de nomear o reitor da Universidade. Tradicionalmente, o chefe do Executivo paulista referenda a decisão da comunidade universitária. O novo reitor cumprirá mandato de quatro anos (2017-2021).

Knobel teve a preferência entre os docentes, que lhe garantiram 1.009 votos, mais que o dobro da quantidade obtida pela segunda colocada, Rachel Meneguello, que recebeu 464 votos da categoria. Dos 38.261 eleitores com direito a voto, 9.056 compareceram às urnas, o que representou uma abstenção total de 76,33%. O maior percentual de ausência foi registrado entre os estudantes (92,51%).

De acordo com o presidente da Comissão Organizadora da Consulta (COC), professor Miguel de Arruda, todo o processo foi marcado por um clima de absoluta tranquilidade, respeito e participação. “Felizmente, tudo correu como esperado. A comunidade fez a sua escolha, dentro dos preceitos democráticos”, afirmou.

Logo após a divulgação do resultado oficial da apuração, Knobel foi ovacionado e cumprimentado por cerca de uma centena de pessoas. Ao ser questionado sobre como analisa o cumprimento de sua trajetória na Unicamp – de aluno de graduação a vencedor da consulta para reitor -, o docente disse que se sente muito honrado com a confiança demonstrada pela comunidade universitária. “Também é uma responsabilidade enorme ter que administrar uma Universidade da importância da Unicamp”, acrescentou.

Indagado sobre as dificuldades que a instituição terá que enfrentar, principalmente por causa da redução orçamentária, causada pela queda da atividade econômica do país, Knobel ponderou que procurará analisar cada questão com muito cuidado e que se pautará pelo diálogo em todas as instâncias.

Companheira de chapa de Knobel, a professora Teresa Atvars afirmou que o momento é de agradecer a confiança da comunidade universitária e o empenho da equipe que trabalhou na campanha. “Meu papel como coordenadora-geral da Unicamp será contribuir com o professor Marcelo Knobel para o cumprimento das propostas contidas em nosso programa de gestão”, antecipou.

Knobel será o 12º na linha de sucessão de Zeferino Vaz (1966-1978), fundador da Unicamp. Depois de Zeferino, vieram o dentista Plínio Alves de Moraes (1978-1982), o ginecologista José Aristodemo Pinotti (1982-1986), o economista Paulo Renato Souza (1986-1990), o linguista Carlos Vogt (1990-1994), o pediatra José Martins Filho (1994-1998), o engenheiro de eletrônica Hermano Tavares (1998-2002), o físico e engenheiro de eletrônica Carlos Henrique de Brito Cruz (2002-2005), o engenheiro de alimentos José Tadeu Jorge (2005-2009), o médico hematologista Fernando Ferreira Costa (2009-2013) e novamente José Tadeu Jorge (2013-2017).

Nota da Chapa Marcelo Knobel e Teresa Atvars

“Estamos muito felizes e agradecidos com a escolha feita pela comunidade. Ao longo dos últimos meses, trabalhamos com muito empenho para ouvir as pessoas que compõem a Unicamp. Construímos um Programa de Gestão que defende a universidade pública, gratuita, de qualidade e comprometida com a sociedade. Recebemos o apoio de centenas de pessoas que acreditaram num projeto comum, de uma Unicamp mais inclusiva, democrática, transparente, que busque a excelência e a retomada do seu protagonismo. Trabalharemos com todo empenho e dedicação nos próximos quatros anos. Nosso muito obrigado a todos (as) que confiaram e acreditaram em nosso projeto.”

Resultado final da consulta em primeiro turno

Mesa apuradora
Mesa apuradora
Comissão Organizadora assina ata com resultado
Comissão Organizadora assina ata com resultado

Imagem de capa

Marcelo Knobel e Teresa Atvars após a vitória na consulta
Marcelo Knobel e Teresa Atvars após a vitória na consulta