Uso das vacinas Sputnik V e Covaxin é restrito, excepcional e vai exigir cautela

A Anvisa aprovou a importação de 928 mil doses da Sputnik V para vacinar 1% da população de seis estados do Nordeste e de 4 milhões de doses da Covaxin, para vacinar cerca de 1% da população brasileira. No total, essas duas vacinas serão aplicadas em 2 milhões e 464 mil brasileiros. Trata-se de uma autorização para importação de lotes das vacinas, para uso restrito e controlado, em uma pequena parte da população. Neste vídeo, o professor Luiz Carlos Dias, titular do Instituto de Química da Unicamp, membro da Academia Brasileira de Ciências e da Força-tarefa Unicamp Contra a Covid-19, detalha as restrições para a utilização das vacinas impostas pela Anvisa.