Encontro Nacional de Estudantes Indígenas tem mais de 2 mil inscritos confirmados

Mais de dois mil universitários indígenas de todo o país são esperados para a 9ª edição do Encontro Nacional dos Estudantes Indígenas (Enei), que será realizado na Unicamp entre os dias 26 e 29 de julho. Com o tema "Ancestralidade e contemporaneidade”, o evento vai reunir lideranças, intelectuais, artistas e alunos indígenas, representantes do poder público e da comunidade acadêmica, e demais pessoas interessadas em discutir temas como saúde e educação indígena, retrocessos nos direitos dos povos originários, meio ambiente e sustentabilidade, entre outros.

Para o estudante de Engenharia Elétrica Arlindo Baré, integrante do Coletivo Acadêmicos Indígenas da Unicamp e da comissão organizadora do Enei, o evento é uma oportunidade para aprender a refletir sobre os problemas do país a partir do olhar e da sabedoria dos povos indígenas. “Talvez o Enei traga para a sociedade brasileira uma nova forma de pensar, um novo olhar sobre o futuro – aquela utopia que nunca chega. A gente traz das nossas sabedorias uma lógica diferente, uma lógica que não destrói, uma lógica que se constrói na forma coletiva de pensar a sociedade”, acredita.

Nesta edição do Repórter Unicamp, você conhece mais detalhes sobre os preparativos e a programação do Enei, que inclui mesas e debates, fóruns, apresentação de pesquisas, oficinas e atividades culturais. A participação é gratuita e aberta a todos os interessados. A programação completa pode ser conferida no site oficial do evento.

 

*Foto de capa: Hugo Teixeira (Comvest)