Caism busca voluntárias para pesquisa para tratamento da incontinência urinária

Médicas do Hospital da Mulher Prof. Dr. J. A. Pinotti (Caism Unicamp) buscam voluntárias que sofram de incontinência urinária para participarem de pesquisa sobre diferentes tratamentos para esse problema.

A incontinência urinária é bastante comum, principalmente entre mulheres. Pode acontecer, por exemplo, quando a pessoa tosse, espirra, ri ou faz força para carregar um objeto pesado.

Há diferentes tipos de tratamento para o problema, como o uso de remédios e a realização de terapias com fisioterapeutas e psicólogos. 

Para participar da pesquisa, as voluntárias devem ter idade entre 45 e 65 anos e não podem ter feito nenhum tratamento anterior para este tipo de problema.

Interessadas entrem em contato com a doutora Juliana Fazzolari, do Hospital da Mulher da Unicamp, por meio dos números de  WhatsApp: (19) 99901-0108 e 97823-1272.

twitter_icofacebook_ico

Comunidade Interna

O grupo é composto por 65 intercambistas de graduação, que farão disciplinas isoladas em diferentes cursos, e 70 alunos regulares de pós-graduação

No espaço, o cliente escolhe o produto, faz o pagamento e prepara sua refeição nos equipamentos de apoio disponíveis no local;  a loja funciona 24 horas por dia, ininterruptamente

Atualidades

Professor do Instituto de Geociências e autor do livro “Africano: uma introdução ao continente”, Kauê Lopes dos Santos comenta aproximação com países como Egito e Etiópia

Estudos anteriores já apontavam a proteína MKK3 como um fator importante na sobrevivência e proliferação de células tumorais

Diversas iniciativas são realizadas nos meses de janeiro e fevereiro com o intuito de fomentar a formação continuada dos estudantes universitários

Cultura & Sociedade

O evento acontecerá entre os dias 29 de fevereiro e 10 de março; a obra ESTAFA ou sobre os sonhos não dormidos foi selecionada na categoria de peças internacionais

Estudo pioneiro foi realizado no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás; o papel da biodiversidade é fundamental no aumento da resistência à invasão biológica