Unicamp é 3ª universidade que mais depositou patentes de invenção em 2023 no Brasil

Edição de imagem

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) é a terceira universidade brasileira com maior número de depósitos de pedidos de patentes no país realizados em 2023, segundo o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Os rankings dos 50 maiores depositantes de pedidos de direitos de propriedade industrial residentes no Brasil, nos anos de 2023 e 2022, foram divulgados nesta segunda-feira (29) no site do INPI.

A Unicamp, por meio de sua Agência de Inovação Inova Unicamp, registrou 40 depósitos dos 1.368 pedidos de patentes no Top 50 do INPI, referente ao ano passado, dobrando sua participação quando comparada a 2022. No topo do ranking aparecem a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), seguida pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O diretor-executivo associado da Inova Unicamp, professor Renato Lopes, destaca que o bom desempenho no ranking demonstra a capacidade dos docentes, alunos e pesquisadores da Universidade em transformar resultados de pesquisas em invenções que podem beneficiar a sociedade, com desenvolvimento tecnológico, social, econômico e ambiental.

“O reconhecimento da Unicamp como a primeira universidade do estado de São Paulo e a terceira do Brasil em depósitos de patentes pelo INPI reflete nosso compromisso contínuo com a proteção e a transferência dos conhecimentos e tecnologias desenvolvidas na Unicamp. Esse marco valida o talento e a dedicação de nossa comunidade acadêmica, na pesquisa e no desenvolvimento tecnológico para a transformação de ideias em soluções tangíveis para a sociedade. Estamos orgulhosos e motivados a continuar impulsionando o ecossistema inovador da Unicamp", disse Lopes.

A Inova Unicamp é o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) da Unicamp, responsável pela gestão do Portfólio de  Tecnologias da Unicamp, pela relação universidade-empresas (no desenvolvimento de convênios de pesquisa e licenciamento das tecnologias), no fomento ao empreendedorismo de base científica e tecnológica na Universidade e no fomento da cultura de oportunidades de inovação.

O coordenador Renato Lopes
O diretor-executivo associado da Inova Unicamp, Renato Lopes: compromisso contínuo com a proteção e a transferência dos conhecimentos e tecnologias desenvolvidas na Unicamp

Quando contabilizados todos os depositantes nacionais, a Unicamp ocupa a sétima posição em patentes de invenção da lista de 2023. O ranking também inclui outros ativos como Programas de Computador, Modelos de Utilidade, Marcas, Desenhos Industriais. Além de universidades, reúne, ainda, Institutos de Ciência e Tecnologia (ICT), empresas e pessoas de todo o Brasil.

Para Iara Ferreira, coordenadora de negócios e inovação da Inova Unicamp, o resultado é fruto das novas estratégias para o fortalecimento do ecossistema de inovação da Unicamp, para a análise das comunicações de invenção e para a prospecção do portfólio adotadas pela Agência de Inovação da Unicamp.

“Temos pesquisas inéditas sendo desenvolvidas na Unicamp e em parcerias da Universidade com outras instituições e empresas que têm a capacidade de resolver grandes desafios tecnológicos. Com um trabalho estratégico, temos gerenciado o Portfólio de Tecnologias da Unicamp para que essas invenções também se transformem em inovação”, disse Ferreira.

De acordo com o INPI, a Unicamp também ocupa a lista das 15 universidades que mais registram Programas de Computador no país. A Inova Unicamp tem impulsionado a proteção da propriedade intelectual na Unicamp por meio de capacitações e orientações especializadas.

“Recentemente, lançamos o Guia das Invenções com o objetivo de orientar a comunidade Unicamp sobre os diferentes tipos de proteção dos ativos, sejam patentes, programas de computador, cultivar ou outra modalidade, e a forma para comunicar uma invenção desenvolvida na Unicamp para análise”, comentou Elisama Campelo, supervisora de propriedade intelectual da Inova Unicamp. 

A comunicação de invenção na Unicamp, assim como outros serviços oferecidos pela Inova Unicamp no apoio à Propriedade Intelectual e Conexão Pesquisa-Mercado podem ser acessados pela comunidade interna pelo site.

Matéria publicada originalmente no site da Inova Unicamp.

Imagem de capa
A Unicamp registrou 40 depósitos no ano passado, dobrando sua participação quando comparada a 2022

twitter_icofacebook_ico

Comunidade Interna

O grupo é composto por 65 intercambistas de graduação, que farão disciplinas isoladas em diferentes cursos, e 70 alunos regulares de pós-graduação

No espaço, o cliente escolhe o produto, faz o pagamento e prepara sua refeição nos equipamentos de apoio disponíveis no local;  a loja funciona 24 horas por dia, ininterruptamente

Atualidades

Professor do Instituto de Geociências e autor do livro “Africano: uma introdução ao continente”, Kauê Lopes dos Santos comenta aproximação com países como Egito e Etiópia

Estudos anteriores já apontavam a proteína MKK3 como um fator importante na sobrevivência e proliferação de células tumorais

Diversas iniciativas são realizadas nos meses de janeiro e fevereiro com o intuito de fomentar a formação continuada dos estudantes universitários

Cultura & Sociedade

O evento acontecerá entre os dias 29 de fevereiro e 10 de março; a obra ESTAFA ou sobre os sonhos não dormidos foi selecionada na categoria de peças internacionais

Estudo pioneiro foi realizado no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás; o papel da biodiversidade é fundamental no aumento da resistência à invasão biológica