Nota da Reitoria em repúdio a ato de vandalismo

Edição de imagem

##

É com profunda indignação que a Reitoria da Unicamp recebe a notícia de que foi arrancada e vandalizada uma muda de baobá plantada na Praça da Paz, no último 28 de novembro, por ocasião da celebração, na Universidade, do Dia da Consciência Negra.

O plantio foi realizado por coletivos negros, em uma iniciativa coordenada por alunos e pela professora titular da Faculdade de Educação Débora Jeffrey, em parceria com a Pró-Reitoria de Extensão (Proec) e a Prefeitura Universitária.

A Reitoria, para além de repudiar o ato de violência cometido contra a árvore, símbolo da resistência negra, assume o compromisso de empenhar todos os esforços para apurar sua autoria e punir os responsáveis.

Campinas, 9 de dezembro de 2023

Imagem de capa
Imagem de uma das entradas principais da Unicamp

twitter_icofacebook_ico

Comunidade Interna

No espaço, o cliente escolhe o produto, faz o pagamento e prepara sua refeição nos equipamentos de apoio disponíveis no local;  a loja funciona 24 horas por dia, ininterruptamente

Atualidades

Professor do Instituto de Geociências e autor do livro “Africano: uma introdução ao continente”, Kauê Lopes dos Santos comenta aproximação com países como Egito e Etiópia

Estudos anteriores já apontavam a proteína MKK3 como um fator importante na sobrevivência e proliferação de células tumorais

Diversas iniciativas são realizadas nos meses de janeiro e fevereiro com o intuito de fomentar a formação continuada dos estudantes universitários

Cultura & Sociedade

O evento acontecerá entre os dias 29 de fevereiro e 10 de março; a obra ESTAFA ou sobre os sonhos não dormidos foi selecionada na categoria de peças internacionais

Estudo pioneiro foi realizado no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás; o papel da biodiversidade é fundamental no aumento da resistência à invasão biológica