Universidade de Turim articula parceria na área de sustentabilidade

Autoria
Edição de imagem

Parceiras já tradicionais, a Unicamp e a Universidade de Turim (Itália) iniciaram nesta segunda-feira (9) articulações para a ampliação das ações de colaboração. A pró-reitora de Pesquisa da instituição italiana, Cristina Prandi, foi recebida pelo reitor Antonio José de Almeida Meirelles em uma audiência na qual discutiram possibilidades de parcerias em áreas como as de desenvolvimento econômico,  administração, nas áreas de engenharia de materiais e engenharia agrícola, além de ações no setor de saúde e neurociência.

O foco de eventuais parcerias, no entanto, guarda uma particularidade: as duas instituições pretendem privilegiar projetos que exijam ações inovadoras na área da sustentabilidade.

De acordo com Meirelles, assim como a Unicamp investe hoje na criação do HIDS (HUB Internacional de Desenvolvimento Sustentável ) – o distrito inteligente que pretende reunir, em um mesmo espaço, empresas de tecnologia e inovação, com soluções urbanísticas ambientalmente adequadas – a universidade italiana conta com um projeto similar – chamado de Butterfly Projects.

Meirelles diz que a parceria entre as instituições existe já há muitos anos, mas em iniciativas pontuais e em projetos específicos, um quadro que, segundo ele, pode mudar. “O que eu sinto agora é que estamos em um momento diferente, porque as agendas das duas universidades são muito parecidas”, diz.

“A agenda da sustentabilidade e do desenvolvimento da inovação, hoje, é uma agenda importante para os dois países e também para as duas universidades. Portanto, acho que hoje vivemos um outro momento. Tanto é, que essa reunião entre as duas universidades, ocorreu com a presença do consulado italiano”, conta o reitor. “Isso é sintoma de uma vontade de estreitar laços e de que esses laços tenham impacto econômico, a partir da geração de conhecimento e da transformação de pesquisas em produtos e serviços para a população”, acredita.

##
O foco de eventuais parcerias pretendem privilegiar projetos que exijam ações inovadoras na área da sustentabilidade

O reitor explicou que grande parte da reunião teve como foco a troca de informações sobre os projetos HIDS e Butterfly. “Trabalhar forte com a inovação, estreitando relações com empresas e se envolvendo com os objetivos do desenvolvimento sustentável, é algo que está unindo as duas universidades”, finaliza o reitor.

“A visita da Universidade de Turim a Campinas tem como objetivo a troca de ideias sobre pesquisas conjuntas, sobre a possibilidade de criar campos no qual empresas e universidades possam trabalhar juntas com a ideia da sustentabilidade, da inovação e da pesquisa, com as novas fronteiras da sustentabilidade”, disse Monica Faggionato, do Consulado Geral da Itália em São Paulo, que participou do encontro.

“A missão institucional do consulado é criar essa ponte entre as duas instituições. Os dois níveis de pesquisadores estão conversando para achar um terreno comum no qual fazer pesquisas e talvez, promover trocas de pesquisadores”, acrescentou. O cônsul honorário da Itália em Campinas, Francesco Picciallo, também participou do encontro. A delegação italiana contava ainda com mais seis integrantes.

“A Universidade de Turim é uma parceira de longa data da Unicamp, com projetos colaborativos de pesquisa, além de intercâmbio de estudantes e docentes. E essa visita é uma espécie de reconhecimento da importância dessa parceria”, disse o professor Rafael Dias, assessor da Diretoria Executiva de Relações Internacionais (Deri) da Unicamp – órgão organizador do encontro.

“A Unicamp tem muito interesse em estreitar esses laços e hoje a gente identificou algumas áreas de colaboração. Do ponto de vista de uma colaboração mais institucional, o exemplo apresentado aqui foi essa possibilidade de conectar duas iniciativas similares, que são o HIDS e o Butterfly Project –- uma área para o desenvolvimento e um distrito sustentável de inovações, –- e acho que aí, a gente pode colaborar para trocar conhecimentos e perspectivas e buscar novas coisas juntos”, finalizou.

Também participaram do encontro, o professor Marcelo Brocchi e a assistente para cooperação internacional da Deri, Ludmila Pioli.

twitter_icofacebook_ico

Comunidade Interna

Uallace Moreira Lima reafirmou o compromisso do atual governo em apoiar ações e projetos responsáveis por contribuir para o crescimento econômico e sustentável do país

A publicação apresenta um panorama das pesquisas desenvolvidas por estudantes e pesquisadores indígenas nas diferentes regiões do país, em todas as áreas do conhecimento

O grupo é composto por 65 intercambistas de graduação, que farão disciplinas isoladas em diferentes cursos, e 70 alunos regulares de pós-graduação

Atualidades

O encontro reuniu estudiosos do Brasil e do mundo para discutir a forma como as duas áreas devem se preparar a fim de enfrentar os grandes desafios contemporâneos no campo da saúde mental

O projeto “Reator sustentável: constituído por eletrodos de óxidos metálicos e células solares, para aplicações na descontaminação de água ou conversão de CO2 utilizando energia solar” é desenvolvido no âmbito do Centro de Inovação em Novas Energias 

Professor do Instituto de Geociências e autor do livro “Africano: uma introdução ao continente”, Kauê Lopes dos Santos comenta aproximação com países como Egito e Etiópia

Cultura & Sociedade

Escritor e articulista, o sociólogo foi presidente da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais no biênio 2003-2004

O evento acontecerá entre os dias 29 de fevereiro e 10 de março; a obra ESTAFA ou sobre os sonhos não dormidos foi selecionada na categoria de peças internacionais