Cerimônia marca o acolhimento dos novos docentes

Autoria
Edição de imagem
##
Quarteto Açu, que integra o programa Aluno-Artista, abriu cerimônia da 12ª edição do Acolhimento aos novos docentes 

Com uma apresentação musical do Quarteto Açu – que integra o projeto Aluno-Artista, a Unicamp abriu nesta quarta-feira, a 12ª edição do programa “Acolhimento de Novos Docentes”.

Organizado pela Pró-Reitoria de Graduação (PRG), pelo Espaço de Apoio ao Ensino e Aprendizagem (EA2) e pelo Grupo Gestor de Tecnologias Educacionais (GGTE), o evento reuniu docentes que ingressaram na Unicamp a partir de março de 2022, para um processo de aproximação em que são orientados sobre o funcionamento da Universidade e discutem processos de ensino e aprendizagem.

Realizada na sala do Conselho Universitário (Consu), a cerimônia contou com a presença do reitor da Unicamp, Antonio José de Almeida Meirelles, e dos pró-reitores Ivan Toro (Graduação), Rachel Meneguello (Pós-Graduação), Fernando Coelho (Extensão e Cultura) e Fernando Sarti (Desenvolvimento Universitário). Do evento participaram também diretores de unidades e dos colégios Cotuca (Colégio Técnico de Campinas) e Cotil (Colégio Técnico de Limeira).

“É muito bom receber novos professores, novos estudantes, novos servidores. É um sinal de que a Universidade está se renovando”, disse o reitor, que fez uma exortação aos novos professores. “A Unicamp é uma Universidade diversa. Quero que todos vocês se sintam parte de um todo e que busquem a interação”, afirmou.

Segundo o professor da Faculdade de Educação Arnaldo Pinto Jr., que é coordenador do EA2, o programa de acolhimento tem três grandes objetivos: auxiliar o novo docente em sua inserção na vida acadêmica e institucional da Unicamp; apresentar aos novos docentes os recursos e mecanismos institucionais que possam vir a favorecer sua atuação profissional, com ênfase nas atividades de ensino; e discutir as dimensões dos processos de ensino e aprendizagem, a participação dos estudantes nos projetos pedagógicos e as demandas atuais em relação ao papel da docência universitária.

“Também gostaríamos de destacar um objetivo adicional que é o que visa a uma aproximação maior em relação aos novos docentes, procurando conhecer melhor suas particularidades, histórias, necessidades e demandas, no intuito de compartilharmos experiências, já que também nos consideramos um órgão de integração para a comunidade docente”, afirmou o professor. O EA2 é um órgão ligado à Pró-Reitoria de Graduação.

Cerimônia teve início nesta quarta-feira (29) e prossegue até quinta-feira (30)
Cerimônia teve início nesta quarta-feira (29) e prossegue até quinta-feira (30)

Acolhedora e promissora

A pró-reitora de Pós-Graduação, Rachel Meneguello, contou que passou quase toda a sua vida profissional na Unicamp. Foi estudante no final dos anos 1970, tornou-se professora em 1987 e permanece na Universidade até agora. “E a minha conclusão é que essa aventura foi muito positiva”, disse. “Trabalhar aqui é muito bom”, garantiu. “Estamos numa Universidade acolhedora e muito promissora.”

O 12º “Acolhimento de Novos Docentes” foi aberto com a cerimônia no Consu e prossegue até o final da tarde desta quinta-feira (30) com uma série de atividades.

Acesse a programação.

twitter_icofacebook_ico

Comunidade Interna

Uallace Moreira Lima reafirmou o compromisso do atual governo em apoiar ações e projetos responsáveis por contribuir para o crescimento econômico e sustentável do país

A publicação apresenta um panorama das pesquisas desenvolvidas por estudantes e pesquisadores indígenas nas diferentes regiões do país, em todas as áreas do conhecimento

O grupo é composto por 65 intercambistas de graduação, que farão disciplinas isoladas em diferentes cursos, e 70 alunos regulares de pós-graduação

Atualidades

O encontro reuniu estudiosos do Brasil e do mundo para discutir a forma como as duas áreas devem se preparar a fim de enfrentar os grandes desafios contemporâneos no campo da saúde mental

O projeto “Reator sustentável: constituído por eletrodos de óxidos metálicos e células solares, para aplicações na descontaminação de água ou conversão de CO2 utilizando energia solar” é desenvolvido no âmbito do Centro de Inovação em Novas Energias 

Professor do Instituto de Geociências e autor do livro “Africano: uma introdução ao continente”, Kauê Lopes dos Santos comenta aproximação com países como Egito e Etiópia

Cultura & Sociedade

Escritor e articulista, o sociólogo foi presidente da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais no biênio 2003-2004

O evento acontecerá entre os dias 29 de fevereiro e 10 de março; a obra ESTAFA ou sobre os sonhos não dormidos foi selecionada na categoria de peças internacionais