Cursinho Popular Zilda Arns está com inscrições abertas para processo seletivo

Edição de imagem

O Cursinho Popular Zilda Arns, pré-vestibular gratuito organizado por estudantes da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), abre suas inscrições para o processo seletivo de 2023. Os interessados poderão se inscrever até 28 de dezembro, mediante pagamento de taxa de R$ 40.

O Zilda Arns é um curso pré-vestibular que ocorre no período noturno, voltado para estudantes de baixa renda que estão no 3º ano do Ensino Médio ou que já o concluíram em escolas públicas ou em escolas privadas com bolsa integral.

O cursinho é um projeto de extensão da Unicamp, que propõe, sob caráter voluntário e sem fins lucrativos, a democratização da educação no Brasil, oferecendo aulas preparatórias voltadas a exames vestibulares, auxiliando alunos de baixa renda e em situação de vulnerabilidade socioeconômica a conquistarem sua tão sonhada vaga na universidade.

Há reserva de vagas para pessoas pretas, pardas e indígenas, pessoas com deficiência, pessoas trans e pessoas em situação de refúgio. Mais informações sobre o cronograma estão disponíveis no site do Zilda.

Assista ao vídeo de divulgação: 

Matéria originalmente publicada no site da Faculdade de Ciências Médicas

Imagem de capa
O cursinho é um projeto de extensão da Unicamp de caráter voluntário e sem fins lucrativos

twitter_icofacebook_ico

Atualidades

Obra reúne acervo de Rogério Cerqueira Leite; edição estará disponível para venda em breve nos sites das editoras

O papel do rap e da educação na busca pela superação do racismo e da violência foi um dos temas debatidos

Foram aprovados os itens: “Prêmio Tese Destaque", a prorrogação da licença paternidade para servidores e recursos adicionais para o desenvolvimento de dois projetos no âmbito do Plano Plurianual de Investimentos (PPI)

Cultura & Sociedade

O evento foi organizado pela Proec e reuniu mais de 700 participantes, de oito estados, com a apresentação de 189 trabalhos; confira a reportagem completa sobre as palestras e entrevistas com os convidados 

Fruto de parceria com jovens indígenas do país, obra “Still I Rise” traz relatos de experiências de impacto para o empoderamento de povos originários