Pesquisa pretende identificar os desafios relacionados à boa convivência na Universidade

Autor
Edição de imagem

A professora Regina Facchini, do Núcleo de Estudos de Gênero (Pagu) da Unicamp, em parceria com a Comissão Assessora de Gênero e Sexualidade e o Observatório de Direitos Humanos da Diretoria Executiva de Direitos Humanos (DeDH), está lançando duas iniciativas que visam conhecer a realidade da Unicamp, após mudanças ocorridas nos últimos anos. A expectativa é produzir ações de apoio à boa convivência, à permanência estudantil e à equidade, diversidade e inclusão.

Uma das iniciativas refere-se à pesquisa Bem(con)viver, voltada para os estudantes de graduação e pós com a expectativa de colher informações sobre os desafios à boa convivência e à permanência na Universidade. O questionário já está disponível

O segundo estudo diz respeito a um mapeamento sobre boas práticas na promoção de Direitos Humanos. A ideia é contar com a participação de toda a comunidade acadêmica para que o objetivo seja alcançado. Para tanto, basta acessar o formulário

Ambos os formulários ficarão disponíveis até o dia 10 de novembro. 

##
A expectativa é que as informações possam subsidiar ações de apoio à boa convivência, à permanência estudantil e à equidade, diversidade e inclusão

Convivência e permanência estudantil

A pesquisa Bem(con)viver pretende identificar os desafios relacionados à convivência e à permanência estudantil. Seu conteúdo aborda questões como a qualidade das relações entre estudantes e entre as pessoas que trabalham na Universidade; as dificuldades para a permanência estudantil; o conhecimento e a avaliação de serviços e recursos de apoio em situações de discriminação ou agressão; as dificuldades para buscar apoio; as percepções sobre saúde e sobre desempenho acadêmico; propostas para o enfrentamento de desafios ao pleno desenvolvimento de potenciais e à permanência estudantil; e mudanças dessas condições ao longo do afastamento social motivado pela covid-19.

É importante destacar que se trata de um questionário online totalmente anônimo com perguntas fechadas e algumas questões abertas. O tempo necessário para preenchimento varia de 15 minutos a uma hora e pode ser interrompido e retomado quantas vezes for necessário, sem perder o que já foi feito. Não há resposta certa ou errada para nenhuma pergunta.

A professora salienta que o importante é a sinceridade nas respostas, lembrando que nenhuma informação sobre a identidade do participante será divulgada ou colhida. “Antes de temas mais sensíveis há avisos, de modo que você pode pular questões antes mesmo de ler seus enunciados”, ressalta.

A pesquisa é conduzida por uma equipe interdisciplinar aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais (CEP-CHS) da Unicamp. Recebe o apoio do Edital 3/2020 voltado para pesquisas sobre Ingresso, Desenvolvimento e Permanência na Graduação e também do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Serviço de Apoio ao Estudante.

Acesse o questionário (clique no quadradinho azul na tela inicial do Arqgis e insira seu login e senha da Unicamp)

Boas práticas em Direitos Humanos

O outro questionário dirigido para toda a comunidade acadêmica – docentes, pesquisadoras(es), técnicos administrativos e estudantes da Unicamp – tem como objetivo identificar as boas práticas no âmbito do ensino, pesquisa e extensão, aprofundando o conhecimento sobre políticas e ações relacionadas à promoção dos direitos humanos e da equidade, inclusão e diversidade no âmbito da Unicamp.

O material resultante desse mapeamento será utilizado, no âmbito da DeDH, para identificar ações e interlocutora(e)s e produzir mais e melhores trocas e divulgação de ações visando à promoção dos direitos humanos e da equidade, inclusão e diversidade na Unicamp.

Como no primeiro caso, o formulário é anônimo e os dados de respondentes não serão coletados.

Acesse o formulário

Dúvidas podem ser enviadas para o e-mail: mapeaodh@unicamp.br

Imagem de capa
A iniciativa pretende elaborar um mapeamento sobre boas práticas na promoção de Direitos Humanos e colher informações sobre os desafios da boa convivência

twitter_icofacebook_ico

Atualidades

Obra reúne acervo de Rogério Cerqueira Leite; edição estará disponível para venda em breve nos sites das editoras

O papel do rap e da educação na busca pela superação do racismo e da violência foi um dos temas debatidos

Foram aprovados os itens: “Prêmio Tese Destaque", a prorrogação da licença paternidade para servidores e recursos adicionais para o desenvolvimento de dois projetos no âmbito do Plano Plurianual de Investimentos (PPI)

Cultura & Sociedade

Fruto de parceria com jovens indígenas do país, obra “Still I Rise” traz relatos de experiências de impacto para o empoderamento de povos originários

O Instituto de Geociências recebeu 175 finalistas, distribuídos em 58 equipes; a Olimpíada Brasileira de Geografia e a Olimpíada Brasileira de Ciências da Terra contemplou 17 estudantes cada uma