Instituições de ensino superior paulistas articulam rede para fortalecer formação docente

Reunião discutiu os termos do convênio pelo qual parceria será formalizada
Reunião discutiu os termos do convênio pelo qual parceria será formalizada 

Por meio de uma parceria entre as universidades públicas paulistas e o Instituto Federal de São Paulo, foi criada a Rede de Apoio ao Ensino Superior (RedAES). O objetivo da parceria é o fortalecimento das atividades envolvidas na formação de professores. A iniciativa promove a troca de experiências e prevê a realização de atividades em conjunto. Uma reunião com a participação dessas instituições públicas de ensino superior ocorreu nesta quinta-feira (11), na Unicamp. Participaram do encontro representantes da Unicamp, da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Estadual Paulista (Unesp), da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), da Universidade Federal do ABC (UFABC), Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e do Instituto Federal de São Paulo (IFSP).

A reunião aconteceu no Espaço de Apoio ao Ensino e Aprendizagem (EA2), órgão vinculado à Pró-Reitoria de Graduação da Unicamp. “O EA2 cuida da avaliação e formação docente e também estimula as discussões sobre atualização curricular e adoção de novas tecnologias e metodologias de ensino. Em outras universidades existem órgãos semelhantes e a ideia é compartilhar as experiências”, aponta o diretor do Espaço, Arnaldo Pinto Júnior.

“Todas as universidade públicas de São Paulo estão na rede e a nossa intenção é aproveitar os materiais elaborados em cada uma delas para aperfeiçoar a formação de professores nas diversas áreas do conhecimento”, concluiu.

##
No sentido horário, professores Amadeu Bego (Unesp), Carlos Procopos (IFSP), Gildo Girotto Júnior (EA2-Unicamp) e Arnaldo Pinto Júnior (EA2-Unicamp): importante aproximação 

A parceria será formalizada por meio de convênio, cujos termos foram discutidos na reunião. “A ideia do encontro é compartilhar as ações que são feitas nas diversas instituições e efetivar o convênio. Enquanto a gente encaminha a formalização da rede, eventos híbridos, para que professores de outras universidades possam participar, já estão acontecendo”, afirma Gildo Girotto Júnior, assessor da coordenação do EA2.

No encontro, também ficou definida a realização de um evento, no dia 29 de novembro, que terá como temática o compartilhamento de experiências docentes no retorno às atividades presenciais. 

Aproximação entre as instituições de ensino

Representantes das instituições de ensino do Estado de São Paulo presentes no encontro na Unicamp destacaram a importância da parceria. O assessor da Pró-Reitoria de Graduação da Unesp, Amadeu Bego, acredita que haverá o fortalecimento das atividades do órgão responsável pela formação continuada na Universidade, o IEP 3. “Trabalhar em rede trocando experiências com a Unicamp, a USP, o Instituto Federal, tudo isso representa uma ampliação e um aprofundamento dessas atividades. A Unesp está empolgada e feliz com o convite e vai engendrar esforços para contribuir com o fortalecimento da rede.”

Carlos Procopos, pró-reitor de Ensino do IFSP, apontou que 20% da oferta de vagas do Instituto são para cursos que estão relacionados à formação de professores. A constituição da rede deve contribuir para essa atuação. “Se, por um lado, a gente tem como vocação garantir a formação inicial para o trabalho nas redes escolares, por outro, nos esforçamos para capacitar profissionais a fim de atuarem na diversidade de áreas do instituto. Temos um leque amplo de capacitação e precisamos pensar estratégias para fomentar a preparação dos nossos professores. Construir uma rede como essa é importante para pensar estratégias em conjunto.”

O pró-reitor de Graduação Ivan Toro: a rede une ainda mais as instituições públicas de ensino do Estado de São Paulo
O pró-reitor de Graduação Ivan Toro: a rede une ainda mais as instituições públicas de ensino do Estado de São Paulo

Além disso, segundo o pró-reitor de Graduação da Unicamp, Ivan Toro, a rede é importante para unir ainda mais as instituições públicas de ensino do Estado de São Paulo. “Nesta época de ataques à ciência, a união entre as universidades nos fortalece. Mostra que estamos caminhando pela mesma trilha em direção a um ensino público, gratuito e democrático”, disse.

Imagem de capa

Audiodescrição: em sala de reunião, imagem em plano geral de 10 pessoas sentadas em cadeiras dispostas no entorno de mesas de madeira organizadas em formato u, sendo 2 homens de frente na imagem, 4 pessoas sentadas à direita e outras 4 à esquerda, em imagem em perfil. Os 2 homens têm notebooks abertos à frente, sobre a mesa, e as outras pessoas têm cadernos e canetas na mesa. Uma mulher à esquerda escreve no caderno, e um outro homem à esquerda, digita no notebook. Ao fundo, janela de vidro. Imagem 1 de 1.
A iniciativa promove a troca de experiências e prevê a realização de atividades em conjunto