Encontro Estudantil Interdisciplinar buscará soluções para temas contemporâneos

##

Há um século uma frase do jornalista H.L. Mencken (1880-1956), iconoclasta e famoso polemista da imprensa norte-americana, entraria para o rol das citações mais /marcantes da língua inglesa: “Há sempre uma solução bem conhecida para cada problema humano: simples, plausível e errada”. A atração que uma ideia simplória exerce em quem busca a solução de uma questão complexa pode ser um grande obstáculo e causar estragos. Para acabar com o problema da população em situação de rua, parem de alimentá-los. Errado. Para pôr fim à pandemia, basta a imunidade de rebanho por contágio. Errado de novo. Para contornar a crise climática, só a tecnologia pode nos salvar. Errado novamente.

A interdisciplinaridade é a chave para a compreensão dos grandes problemas deste século. Para estimular os estudantes universitários a procurarem saídas interdisciplinares para questões que afligem o mundo contemporâneo, o Instituto de Estudos Avançados (IdEA), em parceria com a Secretaria Executiva de Comunicação (SEC) da Unicamp, lançará, no dia 22 de setembro, o Encontro Estudantil Interdisciplinar 2022 (ENESIN 22). A proposta consiste em formar grupos de alunos, de disciplinas distintas e níveis de formação variados, destinados a estudar, analisar e sugerir soluções para temas relevantes para a sociedade.

Os assuntos podem ser os mais diversos: desde a estratégia ideal para a poda de árvores em Campinas até a relação entre individualismo, coletividade e governança global, passando por desmatamento, poluição, emergência de novas doenças, envelhecimento, desigualdade social e fundamentalismos. A esses temas somam-se tantos quantos os alunos conseguirem conceber, de pequeno, médio ou grande porte, em escala local, regional ou global.

Os grupos terão entre três e seis estudantes de diferentes áreas e poderão ser auxiliados por professores ou funcionários da Unicamp para a realização dos projetos. O ciclo de trabalhos será concluído no segundo semestre de 2022 em um evento com a apresentação de posters, entrega de certificados e premiações. Serão realizadas assembleias mensais, inicialmente em ambiente virtual, para mobilizar os alunos e buscar uma maior interação.

José Mario Martinez: ideia é que seja uma atividade mobilizadora. Por isso, estão sendo planejadas assembleias mensais, a cada dia 22
Professor José Mario Martinez, presidente do Conselho Científico e Cultural do IdEA: estão sendo planejadas assembleias mensais, a cada dia 22

“Praticamente todo o sistema de produção científica do mundo está solidamente estruturado em bases disciplinares. Ou seja, temos um monte de revistas disciplinares, e trabalhar na interdisciplinaridade é sempre uma dor de cabeça, porque não se encontram pessoas que entendam de diferentes áreas ao mesmo tempo, explica o matemático José Mario Martinez, presidente do Conselho Científico e Cultural do IdEA. Um dos princípios do projeto é que a vocação e o talento interdisciplinares podem ser induzidos mais facilmente nos jovens estudantes, de graduação ou pós-graduação.

Segundo o docente do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC) e professor emérito da Unicamp, a ideia é que seja uma atividade mobilizadora. Por isso, a organização está planejando assembleias mensais, a cada dia 22. “Se quiserem, os estudantes poderão procurar conselheiros, orientadores ou assessorias, não necessariamente na Unicamp. A ideia é tentar manter um espírito de mobilização, com reuniões e encontros, mas com pouquíssima burocracia”, diz Martinez.

Acompanhe as informações sobre o evento no site do IdEA, no Portal Unicamp e nas redes sociais da Unicamp.

Imagem de capa

Projeto do IdEA com a Secretaria Executiva de Comunicação, ENESIN 22 será lançado em 22 de setembro em uma assembleia virtual
Projeto do IdEA com a Secretaria Executiva de Comunicação, ENESIN 22 será lançado em 22 de setembro em uma assembleia virtual