CQMED entrega insumos para 400 mil testes de saliva para Covid-19

##

O Centro de Química Medicinal da Unicamp (CQMED), desenvolveu um protocolo de produção de enzimas de alta especificidade para ser usado na testagem de Covid-19 em amostras de saliva. A primeira entrega gerou insumos para 400 mil testes e foi entregue para a empresa parceira Mendelics Análise Genômica em dezembro último. A produção foi feita em menos de dois meses e a expectativa é que se produza enzimas para mais 200 mil testes até o final de janeiro. Em seguida, o CQMED capacitará corpo técnico no país para a continuidade da produção.

“Durante o desenvolvimento das enzimas, nossa equipe simultaneamente abreviou o processo de produção e aumentou a pureza das enzimas. Desde o lote piloto de enzimas produzidas já verificamos que a qualidade é equivalente às importadas”, diz Katlin Massirer, pesquisadora do CQMED e coordenadora do projeto na Unicamp. As enzimas foram validadas para equivalência com as importadas pelo laboratório clínico Mendelics, utilizando amostras de saliva que chegam diariamente de todo Brasil ao laboratório no bairro Santana em São Paulo. 

O laboratório Mendelics está realizando atualmente 90 mil testes por mês e a escalabilidade dos reagentes é um passo importante para a autonomia do país. Nosso desenvolvimento contribui para ampliar a capacidade de testagem em massa, considerada ainda um dos gargalos para a definição de políticas públicas de enfrentamento da pandemia de SARS-COV 2.

Katlin Massirer, pesquisadora do CQMED e coordenadora do projeto na Unicamp
À direita a pesquisadora Katlin Massirer, coordenadora do projeto na Unicamp faz a entrega de insumos para Milena Menezes, da Mendelics

O teste de saliva para Covid-19, chamado RT-LAMP, tem a mesma qualidade que o PCR, e está possibilitando a testagem em locais com menos recursos no país. “O RT-LAMP é mais rápido e mais barato, pois baseia-se no uso de enzimas de alta especificidade e dispensa o uso de equipamentos caros”, explica o Dr Mario Bengtson, professor do Instituto de Biologia da Unicamp e pesquisador principal do projeto. O procedimento de teste RT-LAMP executado pela Mendelics foi recentemente publicado de forma aberta na paltaforma Medrxiv.  

O projeto é resultado da parceria do Centro da Unicamp com a empresa Mendelics Análise Genômica e a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial - EMBRAPII.

Leia mais: 

Centro de Química Medicinal vai produzir enzimas para teste de saliva para Covid-19

Imagem de capa
O protocolo de produção de enzimas para o teste de saliva desenvolvido pelo CQMED mostrou-se capaz de abreviar o tempo de produção e gerou insumos para 400 mil testes de saliva. Até o fim de janeiro serão produzidos mais 200 mil dessas enzimas que são o coração do teste de saliva.

twitter_icofacebook_ico

Comunidade Interna

A publicação apresenta um panorama das pesquisas desenvolvidas por estudantes e pesquisadores indígenas nas diferentes regiões do país, em todas as áreas do conhecimento

O grupo é composto por 65 intercambistas de graduação, que farão disciplinas isoladas em diferentes cursos, e 70 alunos regulares de pós-graduação

No espaço, o cliente escolhe o produto, faz o pagamento e prepara sua refeição nos equipamentos de apoio disponíveis no local;  a loja funciona 24 horas por dia, ininterruptamente

Atualidades

O projeto “Reator sustentável: constituído por eletrodos de óxidos metálicos e células solares, para aplicações na descontaminação de água ou conversão de CO2 utilizando energia solar” é desenvolvido no âmbito do Centro de Inovação em Novas Energias 

Professor do Instituto de Geociências e autor do livro “Africano: uma introdução ao continente”, Kauê Lopes dos Santos comenta aproximação com países como Egito e Etiópia

Estudos anteriores já apontavam a proteína MKK3 como um fator importante na sobrevivência e proliferação de células tumorais

Cultura & Sociedade

Escritor e articulista, o sociólogo foi presidente da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais no biênio 2003-2004

O evento acontecerá entre os dias 29 de fevereiro e 10 de março; a obra ESTAFA ou sobre os sonhos não dormidos foi selecionada na categoria de peças internacionais