Unicamp mantém prolongamento do Período 3 da Fase 2 do Plano de Retomada por tempo indeterminado

Nota 01/2021 - Comissão Interna para Monitoramento da Covid-19

Persiste a preocupação com a ascensão do número de casos confirmados, a mortalidade pela COVID-19 e, a elevação de ocupação de leitos intensivos direcionados à COVID-19 nas diferentes regiões do Estado de São Paulo. Desta forma, torna-se imprescindível e por prazo indeterminado, a permanência no período 3 (P3) da Fase 2  do Plano de Retomada das Atividades Presenciais. Vale lembrar que tal agravamento levou à regressão do Plano São Paulo à fase amarela em 13 regiões do Estado e a fase laranja em outras 4 regiões.

Neste sentido, Comissão Interna para o Monitoramento da COVID-19 recomenda:

  1. O prolongamento do Período 3 da Fase 2 do Plano de Retomada das atividades presenciais por tempo indeterminado;
     
  2. Que as Unidades e Órgãos  continuem privilegiando as atividades  remotas;

3.   Que todas as testagens de servidores ou estudantes em situações excepcionais, ou já previstas na Planilha do Período 3 para o retorno em janeiro/2021, sejam mantidas e/ou agendadas a partir de 11/01/2021. Será permitida a substituição de servidores ou estudantes, desde que se mantenha o número encaminhado em planilha referente ao Período 3 do Plano de Retomada. Permanecem compulsórios o uso do App AVISU e o atendimento aos treinamentos através das videoaulas (medidas pilares e compulsórias para atividades presenciais, juntamente com a própria testagem).

Ante a gravidade da situação, a Universidade continuará seguindo o Plano São Paulo com a cautela necessária e fará os encaminhamentos adequados com o objetivo de garantir a segurança da comunidade acadêmica, incluindo a divulgação a curto prazo do Plano de Vacinação tão logo haja disponibilidade de vacina para COVID-19.

A Comissão reitera enfaticamente a toda comunidade acadêmica que respeite os cuidados preconizados pelas medidas sanitárias, com ênfase na manutenção do distanciamento social, na não aglomeração e no uso sistemático de máscaras de proteção. A pandemia continua deixando um rastro de perdas irreparáveis e a vacinação da comunidade, embora próxima, vai requerer de todos a manutenção das medidas higiênico-sanitárias definidas nos protocolos divulgados.

Comissão Interna para Monitoramento da COVID-19
Campinas, 11 de janeiro de 2021

Imagem de capa

Regressão do Plano São Paulo à fase amarela em 13 regiões do Estado e a fase laranja em outras 4 regiões
Regressão do Plano São Paulo à fase amarela em 13 regiões do Estado e a fase laranja em outras 4 regiões