Carlos Henrique de Brito Cruz receberá título de Professor Emérito da Unicamp

foto mostra o professor brito cruz
Carlos Henrique de Brito Cruz é docente da Unicamp desde 1982 e esteve na reitoria entre 2002 e 2005

O Conselho Universitário (Consu) da Unicamp aprovou, em sessão realizada de forma virtual nesta terça-feira (24), a indicação de concessão do título de Professor Emérito da Universidade a Carlos Henrique de Brito Cruz, professor titular aposentado do Instituto de Física "Gleb Wataghin" (IFGW). Proposta pelo atual diretor do Instituto de Física, professor Pascoal Giglio Pagliuso, a indicação foi aprovada e comemorada por todo o Conselho, que recordou as grandes contribuições de Brito Cruz à Unicamp e à pesquisa científica enquanto docente e diretor do IFGW, reitor da Unicamp entre 2002 e 2005 e diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. 

"Fico muito feliz e honrado com essa decisão do Conselho Universitário da Unicamp. Praticamente toda a minha carreira acadêmica é ligada à Unicamp, universidade que me ofereceu enormes oportunidades. É emocionante que, ao completar uma carreira na instituição, eu receba esse reconhecimento", comemorou Brito Cruz. 

Carlos Henrique de Brito Cruz é formado em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), realizou os cursos de Mestrado e Doutorado junto ao IFGW e realizou pesquisas de pós-doutorado nos Estados Unidos no ATT Bell Laboratories. Ao longo de sua carreira, ele atuou como pesquisador visitante na Università Degli Studi, em Roma, e na Université Pierre et Marie Curie, em Paris. Brito Cruz ingressou na Unicamp como docente em 1982. Além da atividade acadêmica e docente, o professor ocupou os cargos de Diretor do IFGW entre 1991 e 1994 e entre 1998 e 2002, foi Pró-Reitor de Pesquisa entre 1994 e 1998 e Reitor da Unicamp no período de 2002 e 2005. 

Junto à Fapesp, Brito Cruz foi presidente da Fundação entre 1996 e 2002, ocupando depois o cargo de Diretor Científico da instituição até 2020. O professor é membro da Academia Brasileira de Ciências e de outras entidades e associações científicas do mundo. Entre os prêmios recebidos por Brito Cruz em reconhecimento a sua atuação, destacam-se a Ordem do Mérito Científico, conferido pelo Ministério de Ciência e Tecnologia brasileiro (2000), a Ordem das Palmas Acadêmicas, concedida pela República Francesa (2015), e a Ordem do Império Britânico, do Reino Unido (2015).  

"O professor é uma referência para várias gerações de pesquisadores do IFGW. Pessoalmente, como diretor, jamais esquecerei seus conselhos, orientações e sugestões, desde o discurso de minha posse até rápidas interações ao longo do meu mandato, sempre precisas", recordou Pascoal Pagliuso, Diretor do IFGW, que destacou o papel fundamental desempenhado por Brito Cruz no desenvolvimento científico de muitos pesquisadores. "As contribuições extraordinárias do professor Brito Cruz ao IFGW como Diretor, à Unicamp como Reitor e à Fapesp e a toda comunidade científica brasileira como seu Diretor Científico são inquestionáveis. Expresso nossa gratidão ao professor Brito, por essa carreira brilhante dedicada ao IFGW, à Unicamp e à ciência brasileira", ressaltou.

"Foi ótimo trabalhar no Instituto de Física, aprender e conviver com tantos colegas brilhantes, tantos estudantes brilhantes, funcionários dedicados à universidade pública. Como Pró-Reitor de Pesquisa e como Reitor, pude ver bem o quanto vale para o Brasil ter uma universidade como a Unicamp. Minha maior alegria é ter participado e contribuído com essa instituição", reforça o novo Professor Emérito. A cerimônia de entrega do título será agendada oportunamente.
 

Imagem de capa

foto mostra o prof brito cruz falando ao microfone
Indicação foi aprovada pelo Conselho Universitário. Brito Cruz é docente da Universidade desde 1982 e foi reitor entre 2002 e 2005