Inscrições abertas para o curso de especialização em Gestão Estratégica da Inovação Tecnológica

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) está com inscrições abertas para a próxima turma do curso de especialização em Gestão Estratégica da Inovação Tecnológica, voltado para profissionais que atuam com inovação, pesquisa e desenvolvimento (P&D), novos negócios e transformação digital que desejam se atualizar para o mercado. A especialização é realizada pelo Departamento de Política Científica e Tecnológica do Instituto de Geociências (DPCT/IG) da Universidade, por meio da Escola de Extensão da Unicamp (Extecamp), com duração de dois anos.

Segundo o professor Ruy Quadros, coordenador do curso e docente do DPCT/IG, a especialização que completa 18 anos surgiu como resposta à demanda do mercado por capacitar profissionais qualificados, especialmente as lideranças de empresas e ICTs, nos conceitos e ferramentas da gestão estratégica da inovação, um conteúdo que não se encontrava em cursos tradicionais de graduação ou pós-graduação. “Hoje, vemos que o curso reúne muitas lideranças de multinacionais e empresas brasileiras buscando fundamentação estratégica sobre P&D e Inovação. Ou seja, nossa especialização está ajudando a formar um grupo de pessoas que tomam decisões dentro das empresas com a visão sobre a importância e como aplicar estratégias que promovam de forma mais eficaz a inovação tecnológica a fim de gerar novos negócios. E isso também é um benefício mais amplo para o país, já que empresas mais inovadoras ajudam a formar uma economia baseada no conhecimento.”, ressalta Quadros sobre o impacto da Gestão Estratégica da Inovação Tecnológica.

Esse impacto na cultura de inovação dentro das empresas com a atuação dos profissionais capacitados é observada no crescimento de carreira dos egressos. O curso que já especializou 243 profissionais, nas turmas abertas na Unicamp, conta hoje com 50 alunos egressos que estão como diretores e 97 gerentes de seus departamentos, ao passo que quando iniciaram o MBA havia 18 diretores e 61 gerentes. Ao acompanhar esses dados, Quadros esclarece que não associa a progressão na carreira com a passagem pelo curso, mas sim o alcance e o impacto social da especialização, sendo possível afirmar que os profissionais que procuram o curso almejam e alcançam posições estratégicas em suas organizações ou em outras, influenciando “na construção de culturas organizacionais mais propensas à inovação e de menor aversão ao risco e à incerteza.”

Além da formação profissional dos alunos, as empresas e instituições que investem nessa educação corporativa aos seus funcionários também são beneficiadas porque o curso é estruturado num formato instrumental, com conteúdo teórico aplicado aos desafios individualizados desses profissionais no mercado. Com aulas práticas, o programa também estimula que o Trabalho de Conclusão do Curso dos alunos foque na solução de problemas práticos das empresas e instituições a que estão vinculados, diferencial destacado por Paulo Gandolfi, diretor de operações de P&D e Inovação da 3M América Latina e aluno da turma que se encerra ao final de 2020. 

Leia matéria na íntegra publicada no site da Agência de Inovação Inova Unicamp

Imagem de capa

Turma de 2019 durante aulas do curso
O curso é voltado para profissionais que atuam com inovação, pesquisa e desenvolvimento (P&D), novos negócios e transformação digital que desejam se atualizar para o mercado