"Fundo é um passo importante para começarmos uma mudança"

foto mostra cesar gon apoiado em uma mesa de futebol de botão
CEO da CI&T, Cesar Gon é um dos membros do Conselho Administrativo do Fundo Patrimonial Lumina Unicamp

Quando ingressou na Unicamp como aluno, em 1989, Cesar Gon não imaginava que, 31 anos depois, ele seria um dos empresários que contribuíram ativamente para a criação do Fundo Patrimonial Lumina Unicamp, iniciativa que vai garantir fontes de financiamento para a produção de ciência, tecnologia e inovação pela Universidade. Ao lado dos também ex-alunos da Unicamp Fabrício Bloisi, CEO da iFood, e de André Penha, CTO da QuintoAndar, Cesar integra o Conselho Administrativo do Lumina Unicamp e participará da gestão do fundo e de sua aproximação ao setor empresarial, captando novos parceiros para os projetos da Universidade. 

Ao Portal Unicamp, Cesar Gon comentou a importância da criação do Fundo Patrimonial Lumina Unicamp para a geração de ganhos à sociedade brasileira. Ele também relembrou o quanto a vivência universitária proporcionada pela Unicamp foi decisiva em sua formação científica e empreendedora. 

"É uma educação recíproca"

Além de ser uma forma de garantir a continuidade de projetos de ciência e tecnologia e a oferta de novas oportunidades nas áreas que traduzem os fundamentos da universidade, Cesar avalia que a criação do Fundo Patrimonial Lumina Unicamp é uma oportunidade de promover uma mudança na relação entre empresas e universidades no país. Assim como ocorre em outros países, onde os fundos patrimoniais de universidades são comuns, a iniciativa possibilita que empresários reconheçam o valor de se investir no desenvolvimento de inovações e talentos que contribuirão com a geração de riqueza no país. 

"Acredito que o fundo é um passo importante para começarmos uma mudança, para que a riqueza gerada pela educação e pela formação dos alunos comece a contribuir também com a própria excelência da Universidade. Acho uma peça importante para que essa mudança aconteça também pela perspectiva econômica", analisa Cesar. 

foto mostra palco do evento unicamp ventures com participantes sentados em poltronas
Unicamp Ventures é uma das iniciativas que aproximam a Universidade de suas empresas filhas

O empresário também pontua que esta iniciativa da Unicamp de criar o fundo patrimonial integra um movimento positivo de aproximação da Universidade com o setor empresarial do qual ele participa e destaca, entre outras realizações, a formação do Unicamp Ventures, rede de relacionamento e colaboração formada por empreendedores ligados à Universidade. Com isso, destaca que a oportunidade também traz aprendizados importantes para a gestão universitária.

"É uma educação recíproca. As empresas podem compreender esse valor estendido que as universidades podem gerar e a Universidade entender que uma forma de se conectar com os desafios da sociedade é a criação de profissionais e  empreendimentos nesse entorno. O fundo é, então, um elemento que traz conceitos de gestão, de compliance, uma régua de mercado que vai fazer bem para a Universidade", comenta. 

De Amparo para o Mundo

Formado em Engenharia de Computação pela Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC) da Unicamp, Cesar Gon atribui à Universidade não apenas os conhecimentos científicos que transformaram em profissional, mas também a visão de mundo que o incentivou a explorar suas potencialidades de forma plena: "Eu considero a Unicamp um momento fundamental na construção da minha carreira profissional e como empreendedor. Ali eu consegui fazer conexões intelectuais e sociais que foram decisivas depois. A Unicamp foi onde eu consegui enxergar o que era o mundo em sua diversidade, de uma forma muito mais ampla do que era possível em Amparo, minha cidade".

Atualmente Cesar é CEO da CI&T, empresa referência no desenvolvimento de soluções digitais criada em 1995 em parceria a colegas também da Unicamp. Com mais de 2.500 funcionários e unidades no Brasil e outros cinco países, Cesar se recorda que os 100 primeiros colaboradores da então recém-criada empresa foram recrutados na própria Unicamp. Ele comenta que isso estimulou a formação de uma cultura inovadora na empresa desde seus primeiros passos.  

Segundo o empresário, a experiência única de ser estudante na Unicamp proporciona uma rica troca de experiências com pessoas de diversas áreas e perfis. "Eu estudava computação, mas você faz amigos em todas as áreas. Seja na Dança, que era o prédio da frente, seja na Física, na Medicina, na Engenharia. Isso cria competências que são únicas para quem vive a experiência universitária da forma que a Unicamp proporciona. Isso é o início de um network, todos ali vão sair e se tornar importantes profissionais", lembra Cesar. 

Leia também:
Unicamp lança Fundo Patrimonial Lumina e busca doadores

Imagem de capa

foto mostra cesar gon enquadrado da cintura para cima, com os braços cruzados. ele veste blusa preta de mangas longas e relógio de pulso
CEO da CI&T e membro do Conselho Administrativo do Lumina Unicamp, Cesar Gon afirma a importância das universidades ao setor empresarial do país