Espaço Plasma anuncia projeto vencedor do concurso de Parklet

imagem mostra prancha com projeto arquitetônico para construção do parklet
Projeto vencedor do concurso foi desenvolvido por alunos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Civil da Unicamp

Em uma cerimônia de premiação realizada de forma virtual nesta terça-feira (22), a equipe do Espaço Plasma anunciou a proposta vencedora do concurso "Parklet no Plasma", que selecionou um projeto arquitetônico, desenvolvido por estudantes de graduação de qualquer universidade, para a instalação de um parklet para convivência universitária em frente ao galpão onde será instalado o novo Espaço Plasma. A equipe vencedora é composta por cinco alunos da Unicamp dos curso de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Elétrica. Além de verem seu projeto ser construído no local, os vencedores receberam como prêmio um vale de R$ 500 em livros da Editora Unicamp. 

O Parklet ION, vencedor do concurso, conta com bancos e mesas de convivência e trabalho, recursos de acessibilidade e vagas de estacionamento de bicicletas e motos. Seguindo as exigências do concurso, o projeto prevê ainda a instalação de 18 painéis para geração de energia fotovoltaica na cobertura. Todas essas estruturas serão construídas em uma área de 16,4 m de comprimento por 5,4 m de largura em frente ao Espaço Plasma. O projeto foi elaborado pelos estudantes Leonardo Botene, Leonardo Carlin, Mateus Paulichen e Thiago Keltke, do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unicamp, e por Gildo Rodrigues, do curso de Engenharia Elétrica da Unicamp. 

Além do Parklet ION, outros sete projetos foram finalistas na seleção. As propostas dos estudantes Gabriel Faria (Arq. Urb. - PUCCAMP), Laura Luvizotto (Eng. Civil - Unicamp) e Ricardo Costa Pinto (Arq. Urb. - IAU USP) e dos alunos Alessandro Bezerra (Eng. Amb. - USP), Clara Machado, Ingrid Nunes, Mateus Rocha e Rebeca Moraes (Arq. Urb. - Unicamp) foram ambas classificadas em segundo lugar. Os outros cinco projetos receberam menções honrosas. No total, o concurso recebeu 21 projetos de 89 participantes, reunindo alunos vindos de 15 universidades de todo país, de 13 cursos diferentes.

"Realmente, foi muito difícil escolher porque, além das pranchas, os candidatos tinham que apresentar um memorial e demonstrar também uma preocupação com o projeto elétrico. Uma das premissas do concurso é que o parklet deveria incorporar painéis fotovoltaicos. Então era um projeto bastante difícil e que exigia interdisciplinaridade, tanto do ponto de vista social como do estético, funcional e do projeto elétrico. O resultado foi muito melhor do que a gente podia imaginar", comemorou Gabriela Celani, professora da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC) da Unicamp e assessora do reitor Marcelo Knobel, idealizador do Plasma. 

De alunos para alunos

O projeto de criação do Espaço Plasma tem como objetivo oferecer aos estudantes da Universidade um espaço onde projetos espontâneos poderão ser desenvolvidos, independentemente de terem relação direta com cursos de graduação e pós-graduação, pesquisas ou projetos de extensão universitária. Para isso, o local contará com um espaço de coworking, laboratório maker, estúdio de gravação de vídeos e podcasts e áreas de convivência. As discussões para criação do projeto ocorrem desde 2018 e, neste ano, a reforma do antigo laboratório de plasma do Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW) para abrigar o novo Espaço Plasma teve início no mês de março. 

Desde o início, os estudantes vem participando de forma ativa do desenvolvimento do espaço por meio de reuniões abertas a todos os cursos e de iniciativas como o concurso de projetos para a construção do parklet. Presentes na cerimônia virtual de premiação, as pró-reitoras de Graduação e Pós-Graduação da Unicamp avaliaram que a realização do concurso mostra o potencial do projeto em promover a inovação e a interdisciplinaridade dentro e fora da Universidade. 

"Esse concurso mostra bem o espírito do Plasma. Um local onde as pessoas têm a liberdade de criar, os alunos são os donos desse lugar. Era essa nossa intenção, de que as pessoas tomassem conta disso, que fosse um lugar deles", comentou Nancy Lopes Garcia, pró-reitora de Pós-Graduação. Para Eliana Amaral, pró-reitora de Graduação, o envolvimento de alunos de diferentes universidades é algo que deve ser incentivado em novos projetos: "O Plasma é uma grande experiência para os alunos envolvidos e uma grande inspiração para que coisas similares aconteçam em outros espaços dentro e fora da universidade".  

Confira todos os projetos concorrentes no site do Espaço Plasma
 

imagem mostra prancha com projeto arquitetônico que concorreu ao prêmio
Projeto classificado em segundo lugar desenvolvido por Alessandro Bezerra (Eng. Amb. - USP), Clara Machado, Ingrid Nunes, Mateus Rocha e Rebeca Moraes (Arq. Urb. - Unicamp)
imagem mostra prancha com projeto arquitetônico que concorreu ao prêmio
Outro projeto classificado em segundo lugar desenvolvido por Gabriel Faria (Arq. Urb. - PUCCAMP), Laura Luvizotto (Eng. Civil - Unicamp) e Ricardo Costa Pinto (Arq. Urb. - IAU USP)

Imagem de capa

foto mostra alunas de costas fixando o logo do espaço plasma em uma parede branca
Equipe vencedora conta com alunos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Elétrica da Unicamp. Projeto terá placas de geração de energia elétrica fotovoltaica