Dia Mundial da Segurança do Paciente é celebrado no HC

A pandemia de Covid-19 trouxe enormes riscos e desafios aos profissionais de saúde em todo o mundo, como infecções relacionadas à assistência à saúde, estigmas, distúrbios psicológicos e emocionais, doenças e até mesmo a morte. Além disso, trabalhar em ambientes estressantes pode contribuir com a ocorrência de eventos adversos relacionados à assistência, causando danos aos pacientes em serviços de saúde. Por isso, o tema do Dia Mundial da Segurança do Paciente de 2020 é A segurança dos trabalhadores da saúde é a segurança do paciente.

A data foi comemorada no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp na última quinta-feira (17), na área externa do hospital, em frente à superintendência. Antonio Gonçalves de Oliveira Filho, superintendente do HC, destacou que há sete anos o hospital criou o Núcleo de Qualidade, Saúde e Segurança (NQSS) do paciente e que os profissionais do hospital tem cumprido sua missão: cuidar da vida do paciente e da comunidade.

“Mesmo na vigência da pandemia de covid-19, estamos aqui celebrando essa jornada. Estamos desempenhando com eficiência e dedicação nosso trabalho. Temos ainda várias batalhas pela frente, mas vamos vencer. Isso é motivo de alegria”, destacou Antonio.

Alessandra Roscani, gestora de risco do NQSS, reforçou que o Dia Mundial da Segurança do Paciente é um momento especial dentro das instituições de saúde. Na ocasião, o NQSS fez o lançamento de seu painel informativo situado em pontos estratégicos do hospital, do Boletim da Qualidade, da campanha Profissional seguro, paciente feliz – que consiste num concurso de fotos e vídeos dos colaboradores no Instagram –, da plataforma de indicadores e da nova página do NQSS dentro da intranet do site do HC.

“Esse ano foi árduo. Até no meio desse cenário, temos a beleza divina, o talento que recebemos e o potencial de unidos fazermos coisas maravilhosas. Nessa pandemia, além da segurança do paciente, vimos trabalhos maravilhosos. Quanto mais fazemos, mais aprendemos”, disse Alessandra.

Premiações

O NQSS entregou seis prêmios de destaque aos colaboradores que atuam na melhoria e construção da cultura de segurança dentro do ambiente hospitalar. Os times concorrentes apresentaram seus projetos nas reuniões mensais de gerentes do HC Unicamp ao longo dos meses. Eles concorreram nas categorias, também denominadas por eixos, Estrutura, Processo, Resultado e Inovação, Comprometimento assistencial e Comprometimento administrativo. Os vencedores foram:

Eixo Estrutura 
Time da Comunicação Segura pelo projeto da instituição da passagem de plantão em parceria com o Projeto Paciente Seguro. Isso melhorou a segurança dos colaboradores ao implementar a segurança em um processo diário de trabalho.

Eixo Processo 
Time de Hemovigilância pela implementação do check-list da transfusão segura, para melhorar a segurança dos pacientes e dos profissionais durante esse processo. Foi também o time mais atuante durante a pandemia. 

Eixo Resultado e Inovação
Time de Prevenção de Quedas pelo resultado da intervenção realizada na EGA em parceria com o Projeto Paciente Seguro. Logo após o início do projeto, a unidade ficou vários meses sem apresentar quedas de pacientes.

Comprometimento assistencial
Enfermeira da UTI Adulto Luciene Barbosa pelo engajamento com a melhoria de processo de trabalho em sua unidade. Foi a colaboradora que mais notificou em 2020 com 76 notificações.

Comprometimento administrativo
Time dos Recursos Humanos pelos projetos desenvolvidos de apoio aos colaboradores durante o período de pandemia.  A enfermeira Suelma Sarchi Tanaka ganhou um prêmio especial pelo trabalho desenvolvido na Unidade de Internação de Adultos de organização das unidades, trazendo mais segurança ao trabalho das equipes.

Confira mais fotos da premiação e matéria original publicada no site do HC da Unicamp.

Imagem de capa

Evento contou com premiação de projetos inovadores. Ganhadores posam para foto
Evento contou com premiação de projetos inovadores