Por que agricultura na cidade?

Edição de imagem

Na atual pandemia, aspectos de acesso a alimentos, principalmente frutas e verduras frescas, são sublinhados como uma condição para manutenção de saúde e imunidade. O 20° Boletim do DPCT-IG trata da importância da agricultura urbana no contexto de emergência climática e sanitária.

A produção de alimentos para consumo humano é abordada como uma questão central para os habitantes das cidades. Dentre as inúmeras práticas de agricultura urbana, destacam-se as hortas urbanas comunitárias, que estabelecem um conjunto de interações sociais, culturais e históricas, ampliando a percepção da relevância de garantia das condições de subsistência e autonomia no abastecimento das cidades. 

Acesse ao boletim 

Imagem de capa
Três crianças manipulam a terra para o plantio de hortaliças em horta comunitária

twitter_icofacebook_ico

Comunidade Interna

Uallace Moreira Lima reafirmou o compromisso do atual governo em apoiar ações e projetos responsáveis por contribuir para o crescimento econômico e sustentável do país

A publicação apresenta um panorama das pesquisas desenvolvidas por estudantes e pesquisadores indígenas nas diferentes regiões do país, em todas as áreas do conhecimento

O grupo é composto por 65 intercambistas de graduação, que farão disciplinas isoladas em diferentes cursos, e 70 alunos regulares de pós-graduação

Atualidades

O encontro reuniu estudiosos do Brasil e do mundo para discutir a forma como as duas áreas devem se preparar a fim de enfrentar os grandes desafios contemporâneos no campo da saúde mental

O projeto “Reator sustentável: constituído por eletrodos de óxidos metálicos e células solares, para aplicações na descontaminação de água ou conversão de CO2 utilizando energia solar” é desenvolvido no âmbito do Centro de Inovação em Novas Energias 

Professor do Instituto de Geociências e autor do livro “Africano: uma introdução ao continente”, Kauê Lopes dos Santos comenta aproximação com países como Egito e Etiópia

Cultura & Sociedade

Escritor e articulista, o sociólogo foi presidente da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais no biênio 2003-2004

O evento acontecerá entre os dias 29 de fevereiro e 10 de março; a obra ESTAFA ou sobre os sonhos não dormidos foi selecionada na categoria de peças internacionais