Alunos do Cotuca contam, em vídeo, suas experiências na Universidade de Algarve, em Portugal

O professor Rafael Resende Maldonado e mais seis alunos do 3º. ano do Técnico em Alimentos do Colégio Técnico de Campinas (Cotuca) da Unicamp foram os contemplados na edição 2019/2020 do Programa de Internacionalização dos colégios técnicos da Unicamp. De 1 a 14 de março, eles realizaram uma visita ao Departamento de Engenharia Alimentar da Universidade de Algarve (UniAlg), em Portugal. O convite para a visita do grupo partiu da professora Célia Maria Quintas.

Giovana Souza Velasco, Isabella Pessanha Castiglioni, Laís Eduardo Viana de Lima, Pedro Artur Zanotto, Pedro Prataviera Francisco Favero e Weslley Gomes Miranda realizaram uma série de atividades técnicas nos laboratórios da UniAlg e uma visita técnica a uma unidade de beneficiamento de laranja na cidade de Faro. “A visita permitiu conhecer a instituição quanto às suas formas de organização do ensino, áreas de atuação, projetos de pesquisa e estrutura de funcionamento e a interação da comitiva do Cotuca com docentes e discentes da instituição visitada, que nos receberam de forma muito receptiva e carinhosa”, afirma Rafael Maldonado.

Segundo o professor, parte interessante da viagem foi observar as semelhanças do Departamento de Engenharia Alimentar da UniAlg com o Cotuca, uma vez que ambos possuem cursos similares de formação em nível técnico para alunos que ainda não ingressaram no curso superior. “Além da parte técnica, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer um pouco da história, da cultura, das paisagens naturais e urbanas do Algarve e também um pouco da cidade de Lisboa”, explica o professor.

A maioria dos alunos nunca havia viajado para fora do Brasil e nenhum deles tinha ido à Europa anteriormente. Maldonado conta que durante a viagem, eles tiveram que se dividir entre as atividades técnicas, a organização das atividades cotidianas no alojamento e os passeios culturais pela região. “Foi uma experiência multidisciplinar e muito enriquecedora para alunos que estão ainda no final do ensino médio e técnico”, destaca.

No penúltimo dia da viagem as autoridades sanitárias de Portugal iniciaram os procedimentos de suspensão das atividades e fechamento do país para controle da pandemia. “Ainda tivemos que lidar com as preocupações e cuidados relacionados com o Covid-19, pois o grupo regressou ao país em 14 de março, um dia após a suspensão das atividades presenciais na Unicamp”, lembra o professor.

Como forma de compartilhar a experiência que tiveram ao longo da visita, os alunos produziram um vídeo em que resumem os principais pontos da viagem. Para Rafael Maldonado, o projeto de internacionalização da Unicamp para colégios técnicos é certamente uma grande e importante oportunidade de ampliação dos conhecimentos e de experiência de vida tanto para alunos como docentes destas importantes unidades que compõe a universidade.

 

Imagem de capa

imagem do vídeo em que mostra o mapa de Portugal e o grupo que foi para Algarve
O grupo viajou a convite da professora Célia Maria Quintas da Universidade de Algarve