Programa Aluno-Artista chega à 10ª edição e lança edital para projetos virtuais

Performance de alunos contemplados em outras edições do Programa Aluno-artista
Performance de alunos contemplados em outras edições do Programa Aluno-artista

Já estão abertas e seguem até o dia 10 de julho as inscrições para a 10ª edição do Programa Aluno-Artista. Neste ano, as propostas apresentadas pelos estudantes deverão incluir os cuidados com a saúde necessários para conter o avanço da pandemia do coronavírus. Por isso, o programa vai contemplar projetos de manifestações artísticas que sejam apresentadas de forma virtual. Os detalhes do edital foram apresentados em uma live realizada nessa terça-feira (30). Durante o encontro, os estudantes interessados puderam tirar dúvidas sobre as modalidades artísticas do programa e receber orientações a respeito das inscrições e prestação de contas. 

"Não é exatamente como tínhamos imaginado que seria, nós estávamos fazendo planos de como seria essa 10ª edição, algo emblemático para o programa que já tem maturidade, tem uma história dentro da universidade, também tem reconhecimento externo. Mas como muitas coisas tiveram que ser repensadas, esse programa também teve que ser repensado. Mas é extremamente importante que o edital tenha sido lançado e que vocês possam se inscrever nesse edital", comentou a professora Helena Altman, coordenadora do Serviço de Apoio ao Estudante (SAE), órgão da Pró-Reitoria de Graduação (PRG) da Unicamp responsável pelo programa. 

Assim como nos anos anteriores, o programa tem o objetivo de incentivar as artes e fomentar a realização de manifestações artísticas na Universidade por meio da concessão de bolsas a alunos dos cursos de graduação. Serão selecionados até 15 projetos dentro de seis categorias: artes cênicas, artes corporais, artes visuais, audiovisual/cinema, música e artes integradas. Cada projeto deve contar obrigatoriamente com um aluno proponente responsável, que receberá a bolsa de R$ 509,10 por quatro meses. É possível que os projetos também tenha a participação de mais um ou dois estudantes, inscritos como co-autores ou assistentes. Estes também podem receber as bolsas, totalizando a concessão de até 40 bolsas aluno-artista. Cada proposta selecionada também receberá o auxílio complementar para execução de até R$ 3 mil, conforme o orçamento apresentado e as necessidades de cada projeto. 

Além dos critérios de seleção já aplicados em outras edições do programa, como relevância, criatividade, qualidade artística, interesse cultural e benefícios à comunidade, nesta edição serão avaliadas também as medidas preventivas em relação à saúde dos estudantes envolvidos e do público. Por isso, as propostas deverão prever, para todas as atividade, a execução e apresentação à distância, dentro do que as plataformas digitais possibilitam. 

"Para esse edital, nós tomamos muito cuidado. Ele seria publicado quando surgiu a necessidade da quarentena, então aguardamos um tempo para ver como as coisas seriam, mas não contávamos que a pandemia tomaria essa proporção. Um dos cuidados que tivemos foi em pensar na questão da saúde em primeiro lugar. Quisemos continuar com o edital, é importante que ele tenha continuidade, mas respeitando a questão da saúde e do bem estar, não colocando ninguém em risco", explica a professora Maria Cláudia Guimarães, assessora cultural do SAE. 

Programa entra na décima edição e contemplará projetos virtuais
Em anúncio feito pela coordenadora do SAE, Helena Altman, programa entra na décima edição e contemplará projetos virtuais

Segundo a pró-reitora de Graduação, Eliana Amaral, a valorização das artes é uma das missões da Universidade e, neste momento de pandemia, tem ainda mais importância. "A vivência universitária deve ser algo que vai além do processo de aprendizagem. É muito necessário que, cada vez mais, a gente se conscientize da diferença do mundo da universidade versus o mundo da formação profissional. A universidade tem também o objetivo da formação profissional, mas ela vai além disso. Ela tem o objetivo da formação humanística e cidadã. A Unicamp tem se destacado por ter esse olhar mais ampliado de formação e esse é nosso papel", comenta a pró-reitora.

As etapas da seleção incluem a avaliação dos projetos e entrevistas com os 25 projetos pré-selecionados. As 15 propostas contempladas serão divulgadas no dia 10 de agosto. Todos os detalhes estão disponíveis no edital completo e outras orientações podem ser obtidas pelos canais de comunicação do SAE.

Imagem de capa

Grupo de músicos se apresentam durante encerramento das atividades do programa em 2019
Projeto Naidí Latin Orchestra durante cerimônia na Sala do Conselho Universitário