Unicamp dispõe de plataforma computacional de pesquisa e inovação sobre coronavírus

A Unicamp dispõe de uma plataforma computacional para fomentar as ações conjuntas relacionadas ao coronavírus. A intenção é servir de ambiente de integração de esforços e busca de parcerias entre diversos pesquisadores e laboratórios, tanto internos, quanto externos. 

Recentemente, a Unicamp deu início à força-tarefa contra a Covid-19, com professores do Instituto de Biologia, visando estruturar a universidade e sua comunidade para os momentos mais críticos dessa pandemia. A evolução das soluções, entretanto, fez com que se abrisse várias frentes em todas as áreas do conhecimento. Frente a este cenário, há uma ampliação desta iniciativa que pode contribuir com as demandas, ideias e fornecimento de expertise, instalações e materiais. 

A esses esforços se junta, portanto, a força-tarefa tecnológica, idealizada por vários docentes da área.  A plataforma foi implantada por Sidney Pio de Campos (FEQ), Rodolfo Jardim de Azevedo e William Lima Reiznautt (IC), e apoiada pela Profa. Marisa Beppu (FEQ) e pelo Prof. Anderson Rocha (IC).

Para mais informações sobre a iniciativa acesse o site.  

Para participar, acesse aqui

 

Imagem de capa

Pesquisador segura frasco contendo amostra de coronavírus
Plataforma tem o objetivo de integrar esforços