Disciplina inédita aproxima alunos de imigrantes e refugiados em Campinas

Disciplina focada em ações práticas promoveu encontro de alunos com novas realidades
Disciplina focada em ações práticas promoveu encontro de alunos com novas realidades

Compreender os fenômenos migratórios globais e oferecer a migrantes e refugiados que estão em Campinas atividades e serviços que contribuíssem para sua inserção social e cultural. Este foram alguns dos objetivos da disciplina Estágio Humanitário, oferecida pela primeira vez como atividade multidisciplinar no 2º semestre de 2019 aos alunos da Unicamp. Nela, estudantes de graduação e pós-graduação puderam entrar em contato com a realidade de estrangeiros atendidos pelos serviços público do município por meio de encontros de estudo e preparação e também de seis atividades práticas com a população. 

A coordenação da disciplina ficou a cargo de Antonio Carlos Amorim, professor da Faculdade de Educação (FE), que contou com a colaboração dos professores Ana Cecília Bizon (IEL), Rosana Baeninger (IFCH) e Luís Renato Vedovato (FCA). De acordo com o coordenador, o fato de serem docentes que tratam dos movimentos migratórios sob diferentes perspectivas permitiu que a disciplina pudesse atender a várias demandas dos imigrantes que vivem em Campinas. "Quando a disciplina foi proposta no seu desenvolvimento por um grupo de professores de diferentes áreas, nossos desejos iam ao encontro de criar uma ambiência pedagógica de partilha de experiências sensíveis relacionadas às vidas de pessoas que migraram de seus países de forma espontânea ou contingencial", explica Antonio Carlos. 

No total, 45 estudantes de diversas áreas da universidade participaram da disciplina, que contou também com voluntários para a realização das ações práticas. Antonio Carlos comenta que as atividades eram pensadas com o objetivo de ampliar as pesquisas científicas sobre os fenômenos migratórios, promover o encontro com imigrantes e refugiados, para que os alunos conhecessem suas realidades e demandas, e conhecer os serviços do poder público que atendem essa comunidade. Segundo o professor, as histórias de vida dos imigrantes permitiram que os alunos tivessem contato com uma realidade que eles nunca conheceram. "Quisemos povoar conhecimentos, trajetórias, lutas, conquistas e silêncios que o encontro com as pessoas refugiadas e migrantes nos permitiria tocar, sentir. Também, quisemos instaurar acontecimentos pedagógicos que nos forçassem, estudantes e professores, à reflexividade crítica, criativa e atravessada pela sensação sobre nossos modos de estar e agir no mundo contemporâneo", ressalta o docente. 

Discussões abordavam temas como demografia, diversidade linguística e direitos
Discussões abordavam temas como demografia, diversidade linguística e direitos

A principal ação prática da disciplina foi o envolvimento dos alunos no "Campinas de Todos dos Povos", mutirão de ações e serviços realizado em 21 de setembro deste ano em parceria com o Serviço de Referência ao Imigrante, Refugiado e Apátrida, da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos (SMASDH). Na ocasião, foram realizados atendimentos para regularização de documentos e acesso a serviços públicos da cidade, orientações profissionais, atividades que envolviam a pluralidade linguística da comunidade imigrante, oficinas artísticas, entre outras ações. A TV Unicamp acompanhou a realização do evento, confira os destaques no vídeo. 

As disciplinas caracterizadas como atividades multidisciplinares são oferecidas com o objetivo de trabalhar com os alunos temas que não são previstos nos currículos tradicionais dos cursos de graduação e pós-graduação. Os organizadores do Estágio Humanitário explicam que a ideia é que ele seja oferecido como disciplina sempre no 2º semestre dos anos letivos. 

Registros do evento "Campinas de Todos os Povos", realizado em 21 de setembro de 2019
Registros do evento "Campinas de Todos os Povos", realizado em 21 de setembro de 2019
Registros do evento "Campinas de Todos os Povos", realizado em 21 de setembro de 2019
Registros do evento "Campinas de Todos os Povos", realizado em 21 de setembro de 2019
Registros do evento "Campinas de Todos os Povos", realizado em 21 de setembro de 2019
Registros do evento "Campinas de Todos os Povos", realizado em 21 de setembro de 2019
Registros do evento "Campinas de Todos os Povos", realizado em 21 de setembro de 2019
Registros do evento "Campinas de Todos os Povos", realizado em 21 de setembro de 2019
Registros do evento "Campinas de Todos os Povos", realizado em 21 de setembro de 2019
Registros do evento "Campinas de Todos os Povos", realizado em 21 de setembro de 2019
Registros do evento "Campinas de Todos os Povos", realizado em 21 de setembro de 2019
Registros do evento "Campinas de Todos os Povos", realizado em 21 de setembro de 2019

Imagem de capa

Oferecida ao longo do 2º semestre de 2019, Estagio Humanitário abordou necessidades sociais e jurídicas de estrangeiros
Oferecida ao longo do 2º semestre de 2019, Estagio Humanitário abordou necessidades sociais e jurídicas de estrangeiros