Transparência Unicamp é colocado no ar

Foto Perri
A reitora em exercício da Unicamp, professora Teresa Atvars

O Transparência da Unicamp, portal que torna públicas as informações referentes à vida administrativa e acadêmica da Universidade, já está no ar. A ferramenta, que pode ser acessada a partir da página principal do Portal da Universidade ou diretamente neste endereço, traz inicialmente um vasto conjunto de dados relativos à gestão financeira e aos salários de servidores docentes e não docentes. Futuramente, informações sobre as atividades de ensino, pesquisa e extensão da instituição também serão disponibilizadas, como adianta a reitora em exercício, professora Teresa Atvars. “Nosso objetivo é oferecer aos cidadãos e aos órgãos de controle uma visão muito clara sobre a Unicamp e seus procedimentos”, afirma.

O Transparência Unicamp foi desenvolvido no âmbito da Coordenadoria Geral da Universidade (CGU), sob a supervisão da professora Teresa Atvars. O projeto foi conduzido pelos professores Milena Pavan Serafim e Paulo Licio de Geus e pelos funcionários Silviane Duarte Rodrigues e Alexandre Henrique de Mello. A reitora em exercício explica que a ferramenta cumpre, além de uma exigência legal, um compromisso estratégico da Unicamp.

A dirigente observa que o Transparência Unicamp exigiu um tempo relativamente longo de elaboração. Primeiro, porque Silviane e Alexandre tiveram que estudar a legislação e as normativas relacionadas a esse tipo de ferramenta, bem como analisar a experiência de outras instituições que já a utilizavam, como os governos do Estado de São Paulo e da União. Segundo, porque foi preciso informatizar as rotinas de alguns órgãos da Universidade, de modo que os seus dados, ao serem inseridos nos sistemas, fossem automaticamente atualizados no Transparência Unicamp. “Esses cuidados atrasaram um pouco o nosso cronograma, mas o resultado final ficou excelente”, avalia Teresa Atvars.

Foto Perri
A professora Milena Pavan Serafim, assessora da CGU

Uma preocupação do Transparência Unicamp, prossegue a reitora em exercício, foi tornar as informações completamente compreensíveis aos usuários. “Partimos do princípio de que o Portal não deveria ser somente o repositório de uma enorme massa de dados, cuja interpretação seria difícil. Assim, optamos por explicitar as informações, como aquelas relativas à remuneração dos nossos servidores docentes e não docentes. Nesse tema específico, detalhamos como o salário é constituído, que descontos incidem sobre ele e qual é o valor líquido efetivamente recebido pelo servidor”, exemplifica Teresa Atvars.

Além disso, alguns dados são apresentados acompanhados de infográficos, o que ajuda a tornar a informação mais clara. “Como o Transparência Unicamp é uma ferramenta dinâmica, nós planejamos utilizar outros recursos que igualmente facilitarão a compreensão daquilo que estamos informando”, pontua Alexandre. Segundo Silviane, entre os temas que já podem ser consultados pelos interessados estão aquisições, convênios, contratos e atas de registros de preços dos itens comprados pela Unicamp.

De acordo com a professora Milena, mais que atender à exigência legal de garantir o direito do cidadão de ter acesso às informações das instituições públicas, o Transparência Unicamp constitui um instrumento que assegura aos contribuintes a possibilidade do exercício do controle social sobre essas mesmas instituições. “Isso representa mais que prestar contas, como é feito convencionalmente. É uma iniciativa que contribui para a defesa do interesse coletivo, do interesse público”, analisa a docente.

Foto Perri
Os funcionários Silviane Rodrigues e Alexandre de Mello

Outro ponto destacado pela reitora em exercício é o aprendizado institucional proporcionado pela elaboração do Transparência Unicamp. “Como esta é uma obra coletiva, todos os escalões da Universidade estão aprendendo. Um exemplo que posso dar nesse sentido é que redobramos os cuidados em relação às nomenclaturas que utilizamos nos diferentes processos que tramitam nas nossas unidades e órgãos. Isso nos permite eliminar as ambiguidades e identificar de forma objetiva se um determinado investimento está sendo feito especificamente no âmbito do ensino ou da pesquisa”, esclarece a professora Teresa Atvars.

Imagem de capa

Audiodescrição: em área externa, imagem panorâmica, estrutura de concreto com cerca de oito metros de extensão por três de altura, onde se lê Unicamp e o logo da instituição inscritos em baixo relevo no concreto, com letras pretas. À esquerda, grande arco de concreto, com cerca de cinco metros de altura, com um grande banner de vinil afixado ao centro do arco. Ambas estruturas se encontram afixadas no chão, em ampla área gramada. Ao fundo, na extensão de toda imagem, árvores de grande porte. Imagem 1 de 1.
Transparência Unicamp torna públicas informações sobre a vida administrativa e acadêmica da Universidade