Militares fazem palestra no Instituto de Química sobre produtos químicos controlados

Samuel Sidney está falando para os estudantes sobre os produtos controlados, expostos em um slide que está iluminado no telão atrás do militar
Coronel Samuel Sidney detalha quais são os produtos controlados pelo Exercito brasileiro

Alunos dos cursos de graduação em química e farmácia da Unicamp assistiram nesta segunda-feira, (17), a uma palestra sobre o trabalho do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados (SFPC) do Exército brasileiro. O coronel Samuel Sidney Freitas de Moraes, chefe do serviço na 2ª Região Militar, em Campinas, abriu e encerrou a palestra realizada no auditório do Instituto de Química (IQ). Além dele, o capitão J. Francisco também falou para os estudantes. Freitas de Moraes comentou que a química é uma ciência que anda de mãos dadas com o Exército, uma vez que utiliza produtos comprados, transportados e/ou armazenados somente com a autorização do serviço militar.

O coronel detalhou quais seriam os produtos controlados pelo Exército: armas, munições, produtos químicos, explosivos, pirotécnicos, não letais e blindagens balísticas. Segundo o palestrante o controle do Exército é uma exigência da Constituição Federal e também do Estatuto do Desarmamento. Para a utilização dos produtos químicos, a Unicamp precisa de certificados emitidos pelo SFPC e também pelo Corpo de Bombeiros.

A palestra foi para os alunos da matéria "Química com Segurança", informou o diretor do IQ, Marco Aurélio Zezzi Arruda. “A química necessita desses reagentes para suas aulas práticas e atividades de pesquisa de extensão. Sem esses produtos não conseguimos realizar nosso trabalho. A presença do Exército aqui na Universidade é importante no sentido de estreitar nossos laços e parcerias”, afirmou.

Durante a palestra o coronel destacou a importância da universidade como lugar de debates. Ele disse que o Exército está aberto a receber críticas e sugestões “é uma tropa amiga, todos os universitários são bem-vindos para tirar qualquer dúvida conosco”, salientou.

Representantes do exército sentados com representantes da Unicamp na mesa de reuniões do Salão do gabinete
Representantes do Exército em visita à Reitoria da Unicamp

Antes da palestra o coronel teve uma reunião com a coordenadora geral da Unicamp, Teresa Atvars. Ele salientou que o Exército está buscando um acordo com a Universidade para viabilizar “com mais qualidade e rapidez o fornecimento de materiais controlados”.

Imagem de capa

Imagem mostra toda a plateia do auditório prestando atenção à fala do coronel
Palestra no auditório do IQ foi sobre produtos controlados pelo Exército