João Vicente Goulart visita a Unicamp

Foto Scarpa

O ex-deputado estadual pelo Rio Grande do Sul e candidato derrotado à Presidência da República em 2018, João Vicente Goulart, filho do ex-presidente João Goulart, visitou a Unicamp no final da tarde desta quinta-feira (9). Ele foi recebido pelo reitor Marcelo Knobel e pelo chefe de gabinete da Reitoria, José Antonio Rocha Gontijo. Goulart veio a Campinas para lançar seu livro, intitulado “Jango e eu – Memórias de um exílio sem volta”, e para participar de um debate na sede da Associação de Docentes da Unicamp (Adunicamp), que seria antecedido pela exibição do filme “Jango”, dirigido pelo cineasta Silvio Tendler.

No encontro com o reitor Marcelo Knobel, Goulart manifestou sua preocupação com o momento político atual. Ele afirmou estar pessoalmente comprometido com um movimento que classificou de “restauração histórica”. “Recentemente, alguns setores da sociedade brasileira comemoraram o aniversário do Golpe de 1964. Ora, golpe não se comemora. Golpe é para ser lamentado. Precisamos deixar claro o que aconteceu, até como forma de evitarmos que a história possa se repetir”, considerou.

Segundo ele, embora o filme Jango tenha sido produzido em 1984, a obra se mostra atual e cada vez mais importante para a manutenção da democracia brasileira e como estímulo à emancipação do povo brasileiro. “O filme se tornou uma bandeira de luta da resistência em torno daquilo que o presidente João Goulart defendeu durante a sua vida, posição esta que culminou com o seu afastamento do poder em 1964”, afirmou.

Imagem de capa

João Vicente Goulart (esq) e o reitor Marcelo Knobel
João Vicente Goulart (esq) e o reitor Marcelo Knobel