Caism interrompe por tempo indeterminado a internação de novas gestantes e de recém-nascidos

O Hospital da Mulher Prof. Dr. J. A. Pinotti-Caism/Unicamp vem a público informar a interrupção por tempo indeterminado da internação de novas gestantes e/ou de recém-nascidos a partir da tarde de hoje, 07 de maio de 2019. Tal medida se deve à persistente superlotação de 115% das unidades obstétricas e 126% das unidades neonatais do Hospital, chegando a picos de 140%. Portanto solicita que os Serviços de Saúde e as gestantes, mesmo aquelas atendidas na Unicamp, dirijam-se aos demais serviços de Campinas e região para atendimento devido a impossibilidade de novas internações, seja por transferência ou procura espontânea.

Esse problema tem sido informado regularmente aos órgãos públicos responsáveis pela regulação da oferta de serviços de saúde na Região Metropolitana de Campinas, como o DRS-7, a Secretaria Municipal de Saúde e a Central de Regulação da Oferta de Serviços de Saúde (CROSS). Mesmo assim, o Caism tem recebido da própria CROSS encaminhamentos frequentes de gestantes de alto risco para internação, sempre sob a condição de “vaga zero”. Tais solicitações vêm sendo aceitas mas, diante da situação presente, não serão mais atendidas.

Nesse quadro, a interrupção de novas internações obstétricas e neonatais visa a preservar o bom atendimento às pacientes já admitidas pelo Hospital.

Atenciosamente,

Superintendência
Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti
Caism/Unicamp


Leia o comunicado em PDF