Reitoria contesta reportagem sobre evasão

NOTA DA UNICAMP

A propósito da matéria publicada pelo G1 nesta quarta-feira (03), intitulada “Evasão de alunos em cursos sobe pelo 3º ano seguido e Unicamp planeja ações para reduzir índice”, a Unicamp esclarece o seguinte:

É inadequado analisar a evasão sem considerar o aumento do número de matrículas que vem ocorrendo desde 2009. Com base nesse crescimento, não se observa o aumento que foi salientado pela matéria em questão. De fato, ao contrário do afirmado na tabela da matéria, a taxa de evasão diminuiu comparando 2018 com 2009.

É preciso considerar, também, que ao deixar um determinado curso o estudante não está, necessariamente, abandonando a Universidade, uma vez que uma parte desses estudantes solicita a mudança de um curso para outro dentro da própria instituição. Portanto, entendemos ser inadequado utilizar os dados sem uma análise mais cuidadosa, generalizando conclusões sem suficiente contextualização.

Na busca contínua de excelência e melhoria de seu desempenho em ensino, pesquisa, extensão e gestão, a Unicamp continuará, como tem sido, envidando todos os esforços para melhorar seu desempenho em resposta ao seu compromisso com a sociedade e o dinheiro público, zelando pela transparência dos seus dados e por um diálogo franco que se baseie em informações confiáveis.  

 

SECRETARIA EXECUTIVA DE COMUNICAÇÃO

CAMPINAS, 04 DE ABRIL DE 2019