Unicamp premia docentes, pesquisadores e estudantes

Foram entregues, na última sexta-feira (14), os Prêmios Institucionais 2018 da Unicamp. A cerimônia foi realizada no auditório do Centro de Convenções e contou com a presença do reitor, Marcelo Knobel; a coordenadora geral, Teresa Atvars; a pró-reitora de Graduação, Eliana Amaral; o assessor da pró-reitoria de pesquisa, Benilton de Sá Carvalho; a assessora da coordenadoria de centros e núcleos, Ana Davila e o diretor da agencia de inovação, Newton Frateschi. Conheça os premiados

“É o momento de homenagear e agradecer toda dedicação, esforço e trabalho realizado e festejar. Sem uma universidade publica forte como a nossa, o país não tem futuro algum. Em um momento nebuloso e incerto, como o que se apresenta, precisamos de cada vez mais forças para mostrar a nossa relevância e vitalidade. Precisamos mostrar essa força e a dedicação de nossos docentes, pesquisadores, funcionários e estudantes para construir um país cada vez melhor”, registrou o reitor.

reitor fala em mesa com autoridades
Marcelo Knobel parabeniza os premiados

Além do prêmio de reconhecimento acadêmico “Zeferino Vaz”, foram laureados docentes pelo ensino em graduação, estudantes e orientadores pelos trabalhos de iniciação científica e uma pesquisadora da carreira PQ. “Premiar é algo que poucas universidades brasileiras fazem. Na extensão que a Unicamp premia, é única no país e a cada ano, isso se amplia. Esse é o momento em que a Universidade agradece aos seus talentos”, ressaltou Teresa Atvars. Outro destaque foi o Prêmio Inova, que selecionou iniciações científicas inovadoras em cada uma das áreas do conhecimento (leia+).

público acompanha evento
Docentes, pesquisadores e estudantes acompanharam a entrega dos prêmios

Para a professora Mara de Andrade Marinho, da Faculdade de Engenharia Agrícola (Feagri), duplamente premiada (Prêmio Zeferino Vaz e Prêmio de Dedicação à Graduação), os prêmios são uma forma de valorizar as diversas atividades desempenhadas pelo docente. “Normalmente, somos muito cobrados por pesquisa e publicações. Fico muito feliz que o ensino da graduação, que é o motor da faculdade, receber esse reconhecimento. Eu realmente gosto de dar aula”, explicou citando, ainda, atividades administrativas e de extensão que compuseram juntamente com a pesquisa sua trajetória docente.

professora recebe prêmio de reitor e pro-reitora
Mara de Andrade Marinho, da Feagri, recebeu os prêmios "Zeferino Vaz" e Dedicação à Graduação

A dedicação do docente à graduação foi também enfatizada pela pró-reitora Eliana Amaral como propulsora de mudanças importantes dentro da Universidade. “Essas pessoas que estão sendo premiadas hoje são os exemplos e nós usaremos esses exemplos para alavancar as mudanças que a gente espera conseguir, para aprimorar ainda mais o que a Unicamp oferece na graduação”, afirmou.

Valeria Maia Merzelmnm, do Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA), recebeu o Prêmio de Reconhecimento Acadêmico para Pesquisadores da Carreira PQ, por sua produção e atividades realizadas no último triênio. Na Unicamp desde 2002, a pesquisadora investiga o funcionamento de comunidades de microrganismos em ambientes onde há impacto de hidrocarbonetos do petróleo. “Minhas atividades de pesquisa são basicamente relacionadas com ecologia microbiana e análise de comunidades em ambientes associados ao petróleo, procurando também estratégias sustentáveis de remediação”, explicou Valeria Merzelmnm.

professora recebe premio de reitor
Valeria Maia Merzelmnm, do CPQBA, recebeu o Prêmio de Reconhecimento Acadêmico para Pesquisadores da Carreira PQ

Receberam o Prêmio Pibic (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica), os 20 melhores trabalhos de Iniciação Científica de graduação, selecionados entre os 1.449 trabalhos apresentados no 26º Congresso de Iniciação Científica da Unicamp. Além deles, a novidade este ano foi a premiação dos quatro melhores projetos do Pibic- Ensino Médio. Dentre eles, a equipe orientada pelo professor Li Li Min, da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), investigou “as contribuições das neurociências e programas de prevenção ao bullying contra crianças da inclusão escolar”. O professor ressaltou o impacto do programa na decisão dos jovens estudantes sobre suas carreiras e visão de mundo. “Nesse período de um ano de convívio, pudemos ver claramente como eles cresceram em termos de pensamento crítico. Eles aplicaram as questões que foram levantadas na pesquisa a sua realidade escolar. Nós discutimos como a epilepsia e os transtornos de neurodesenvolvimento estão inseridos no contexto escolar”, contou Li Li Min.

Para Igor Eberlin dos Santos, da equipe de Li Li Min, que concluiu o ensino médio este ano na Escola Estadual Coriolano Monteiro, a experiência da Iniciação Científica na Unicamp trouxe o gosto pelo conhecimento científico.  “Gosto muito mais do que gostava antes e estou muito mais empenhado em defendê-lo. Pretendo continuar na carreira científica, mesmo com todas as dificuldades”, afirmou Igor.

equipe com premios
Professor L Li Min, Igor Eberlin dos Santos, Caroline Martins da Silva, Livia Maria Fernandes e Thais Pilon Ferro

 

Imagem de capa

Estudantes de Ensino Médio foram premiados por Iniciação Cientifica
Estudantes de Ensino Médio foram premiados por Iniciação Cientifica