Pesquisa vai identificar estresse na comunidade universitária

Uma pesquisa que começa a ser realizada por pesquisadores do Laboratório de Estudos do Estresse (Labeest), do Instituto de Biologia da Unicamp e pelo Serviço de Apoio Psicológico e Psiquiátrico ao Aluno da Unicamp (Sappe), deve levantar informações sobre o estresse psicossocial da população dos campi de Campinas, Limeira e Piracicaba. A comunidade universitária está sendo convidada a acessar um site que vai disponibilizar questionários em quatro diferentes períodos. O primeiro questionário está disponível até o dia 30 de novembro. (acesse)

De acordo com a professora Dora Maria Grassi Kassisse, coordenadora do Labeest, cada questionário é voltado a um tema relacionado: estresse psicossocial, sinais de depressão, resiliência e estratégias de coping. A aluna Heloisa Monteiro do Amaral é a bolsista de iniciação científica que atua na pesquisa. Ela fez o vídeo informativo que ilustra o início dessa matéria. As informações dos questionários devem, no futuro, subsidiar medidas de prevenção e de conscientização para uma rotina mais saudável no ambiente acadêmico da universidade.

O tempo dedicado para responder os questionários é de até 45 minutos cada. Ao final do estudo, serão entregues de forma individual e sigilosa os resultados de cada um dos entrevistados. Serão incluídos também os resultados da população como um todo, e também os significados de cada um dos escores dos questionários utilizados.

Foto mostra integrantes da equipe  do laboratório todos em pé e juntos
Equipe do Labeest: ao centro a aluna Heloísa e à sua direita a professora Dora

 

Imagem de capa

Imagem mostra um longo corredor com um aluno andando
Pesquisa do Labeest vai identificar estresse em comunidade acadêmica