Como a ciência ajuda a sociedade, pelo diretor científico da Fapesp

Brito Cruz gesticula em frente ao telão durante a palestra
Brito Cruz comentou sobre como a ciência ajuda as pessoas a viverem mais e com qualidade

O diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Carlos Henrique de Brito Cruz, foi o convidado do segundo encontro da série “Física para curiosos”, promovido pelo Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW), da Unicamp. Brito Cruz, que é físico, falou sobre "Como o progresso da ciência e da pesquisa beneficia a sociedade". O evento foi realizado no auditório do IFGW na última sexta-feira, 4. Bem-humorado, ele apresentou vários casos de pesquisas realizadas por brasileiros que resultaram em avanços nas diversas áreas do conhecimento.

Brito Cruz começou abordando o caso da autossuficiência energética do País. Comentou sobre o etanol brasileiro e as pesquisas sobre cana-de-açúcar, responsáveis por colocar o Brasil entre os poucos países do mundo que abastecem sua frota de veículos sem depender do petróleo. “Todos os países industrializados do mundo estão procurando um jeito de mover seus automóveis sem emitir muito gás carbônico”, complementou.

Plateia no auditório assiste a palestra de Brito Cruz. A foto mostra várias pessoas de costas, sentadas, e à frente o palestrante, em frente ao telão, levantando uma das mãos
Palestra da série "Física para curiosos" foi no auditório do IFGW

Outro exemplo destacado pelo físico foi relacionado às pesquisas em aerodinâmica utilizadas pela empresa Embraer para a produção de aviões. De acordo com Brito Cruz é um exemplo de uma ideia abstrata que chega a um resultado transformador porque neste caso, tudo começou com um estudo sobre como um cilindro “amassado” emite calor. “Ter estoque de conhecimento é muito importante”, afirmou.

A plateia que encheu o auditório do IFGW também ouviu exemplos de pesquisas na área de alimentos, saúde, ciência política, astrofísica e biodiversidade. Brito Cruz exaltou os estudos brasileiros, muitos financiados pela Fapesp, destacando o nome de todos os autores dos trabalhos. No final da palestra ele comentou sobre as startups criadas por ex-alunos e professores da Unicamp, responsáveis por gerar mais pesquisas, colocar ideias em prática e criar empregos.

Imagem de capa

Brito Cruz fala sobre contribuição da ciência no auditório do IFGW
Brito Cruz fala sobre contribuição da ciência no auditório do IFGW