Unicamp inicia construção do Portal da Transparência

 

A Unicamp deu início ao processo de construção e implantação do seu Portal da Transparência, um dos compromissos do programa de gestão da atual Administração Superior. A primeira medida foi a oferta de uma disciplina de graduação sobre Transparência de Dados pelo Instituto de Computação (IC). O objetivo da iniciativa é envolver os estudantes da Universidade, por meio de trabalhos individuais e em grupos, na formulação de uma ferramenta que permita à sociedade acompanhar as informações e decisões tomadas pela instituição.

O Portal da Unicamp teve a oportunidade de acompanhar uma atividade da disciplina, que é ministrada pelo professor Rodolfo Jardim de Azevedo, diretor do IC. De acordo com ele, a ideia de oferecer a matéria surgiu depois do contato com estudantes que já tinham uma experiência em relação ao tema, por meio de um coletivo denominado Transparência Unicamp. “Em conversa com eles e com a Coordenadoria Geral da Universidade (CGU) e a Pró-Reitoria de Desenvolvimento Universitário (PRDU), entendemos que seria interessante oferecer um suporte institucional que fizesse com que a experiência existente pudesse avançar em direção à construção do Portal da Transparência”, relata.

A missão dos estudantes, acrescenta Jardim, é trabalhar tanto no desenvolvimento de um software quanto na busca, análise e sistematização dos dados. “Queremos oferecer uma solução que permita ao usuário acessar as informações sobre a Unicamp da maneira mais descomplicada possível”, adianta. Nesse sentido, os próprios alunos estão fazendo um exercício prático para analisar como a busca pelos dados é feita atualmente. Eles formularam perguntas a respeito da Universidade e ficaram encarregados de obter as respostas.

Segundo o professor Maurício Kleinke, assessor da CGU, esse procedimento é importante porque permitirá aos estudantes avaliarem as dificuldades para obter dados sobre a instituição, e assim propor soluções para superá-las. “Nós ainda não temos uma cultura de transparência consolidada, mas isso começa a mudar. O Estado de São Paulo, por exemplo, tem avançado muito nessa área. Nosso objetivo é contribuir para essa evolução”, afirma.

A pró-reitora de Desenvolvimento Universitário, Marisa Masumi Beppu, destaca a importância da participação dos estudantes no processo de construção do Portal da Transparência. “Esse envolvimento enriquecerá muito a experiência. Eles são muito ágeis e comprometidos. Depois da primeira reunião que tivemos, eles já apresentaram várias propostas, inclusive uma versão preliminar da ferramenta. Certamente, o maior mérito pelo desenvolvimento do futuro Portal de Transparência será deles”, considera. Conforme Jardim, os matriculados na disciplina vêm de diferentes cursos da Unicamp, inclusive da Faculdade de Tecnologia (FT), localizada em Limeira.

Micael Waldhelm, Vladmir Sicca e Gustavo Maronato, idealizadores do coletivo Transparência Unicamp, explicam que ao longo das atividades da disciplina os estudantes vão exercitar a catalogação, análise e divulgação dos dados, de modo a vislumbrarem como a massa de informações sobre a Unicamp poderá ser trabalhada e disponibilizada para o acesso do cidadão. “Nossa expectativa é chegarmos a uma ferramenta que estimule as pessoas a exerceram o controle social em relação a uma Universidade que é mantida com recursos públicos”, resume Micael.

Segundo o professor Jardim, o Portal da Transparência deve ser colocado em operação até o final do ano. O site trará informações sobre todas as áreas e atividades da Unicamp - do número de alunos, funcionários e estudantes até o desempenho orçamentário da instituição, passando por questões do vestibular, obras e atualizações curriculares, entre outras.

 

Aluno da disciplina apresenta perguntas para exercício prático
Aluno da disciplina apresenta perguntas para exercício prático
Matriculados vêm de diversos cursos da Unicamp
Matriculados vêm de diversos cursos da Unicamp
Estudantes ajudarão a desenvolver software e cuidarão da busca, análise e sistematização dos dados
Estudantes ajudarão a desenvolver software e cuidarão da busca, análise e sistematização dos dados
O professor Rodolfo Jardim, responsável pela disciplina
O professor Rodolfo Jardim, responsável pela disciplina
A pró-reitora Marisa Beppu: destaque para o envolvimento dos estudantes no projeto
A pró-reitora Marisa Beppu: destaque para o envolvimento dos estudantes no projeto
O professor Mauricio Kleinke, assessor da CGU: contribuição para o avanço da cultura da transparência
O professor Mauricio Kleinke, assessor da CGU: contribuição para o avanço da cultura da transparência