Unicamp recebe participantes da 12ª edição do Férias no Museu

Mesmo no período de férias a Unicamp não deixa de ficar sem a presença de jovens em busca de conhecimento cientifico, mas o público é um pouco diferente do que no período letivo. Mais de 200 crianças e adolescentes participaram da 12ª edição do Programa Férias no Museu, organizado pelo Museu Exploratório de Ciências (MC) da Unicamp, em parceria com o Grupo Gestor de Benefícios Sociais (GGBS) e com apoio do Instituto de Biologia (IB). Com o objetivo oferecer diversas atividades de introdução à cultura cientifica aos participantes, o programa é voltados aos filhos de estudantes, funcionários e docentes da Unicamp e Funcamp entre 6 e 15 anos de idade.

Estudantes que participam do Férias no Museu observam cartões com informações sobre insetos e plantas
Participantes do Férias no Museu (Foto Antonio Scarpinetti)

A atual edição teve início no dia 9 de janeiro, com um grupo de crianças entre seis e oito anos de idade, e se encerra nesta sexta-feira (20), com os adolescentes que já estão no inicio do ensino médio. Pela primeira vez teve como tema as ciências biológicas, com atividades realizadas nas instalações do Museu Exploratório de Ciências e no Parque Ecológico Hermógenes de Freitas Leitão Filho, localizado ao lado do Campus de Barão Geraldo.

A maior parte dos estudantes inscritos já havia participado do Férias no Museu em anos anteriores, e demonstraram surpresa ao realizarem trabalho de campo ao ar livre. A bióloga Luciene Silva dos Santos, ex-estagiária e atualmente mestranda na Faculdade de Ciências Médicas, atua como mediadora de atividades do Férias do Museu e participou da elaboração da programação, com a intenção de fazer os jovens participantes a conhecer a diversidade de animais que habitam o entorno da Unicamp. “Cada grupo de alunos construiu uma armadilha, e no dia seguinte voltamos para ver a diversidade de insetos capturados, discutir o ciclo de vida de cada um, e conversar um pouco sobre biologia geral. É importante eles poderem conhecer os animais para poder preservá-los”, explica Luciene.

Caderno de relatório do trabalho de campo de uma criança participante do Férias no Museu com anotações escritas em coreano
Caderninho de relatório do trabalho de campo com anotações em coreano

Cada estudante elaborou um caderninho para fazer um relatório de seu trabalho de campo, e no ultimo dia, apresentam para o demais o que aprenderam. Os participantes puderam conhecer o ecossistema do Parque Hermógenes, e debateram com os mediadores o que deve estar naquele espaço ou não, pensando na convivência equilibrada entre pessoas, animais e plantas. Os jovens também puderam ter acesso pela primeira vez a instrumentos científicos, como microscópios e equipamentos com laser. Desta forma são convidados a dialogar de uma forma interdisciplinar com as exposições do Museu. "A partir da atividade de campus nós puxamos para nossa exposição "A Cor da Luz", onde tem uma parte que trabalhamos com a questão do olho do inseto e usamos o laser e microrganismos. Vamos depois dialogar com nossa exposição", conta a gestora do setor educativo do Museu Exploratório de Ciências, Georgia Carolina Martins.

A estudante do ensino médio Flávia Fernandes Alves, de 15 anos, participa de sua quarta edição do Férias no Museu e ficou surpresa em ter trabalhado com um tema bem diferente desta vez. "Eu achei inovador porque saímos do Museu e pudemos conhecer melhor o ambiente e os insetos. Eu tinha medo de insetos e apreendi que não é bem assim, diz Flávia, que também relata que muito do que aprendeu nas edições anteriores do programa levou depois para a sala de aula de sua escola. Eles imaginavam que a maioria dos insetos causam doenças, e agora eles puderam ver que não é bem assim. São animais com importância no meio ambiente para o equilíbrio do ecossistema, e as crianças receberam essas informações que antes não tinham, ressalta a bióloga Luciene Santos.

Participantes do Férias no Museu observam globo durante palestra
Participantes do Férias no Museu (Foto Antonio Scarpinetti)

Saiba Mais
O Museu Exploratório de Ciências da Unicamp foi fundado em 2005 e atua como espaço educativo para a difusão da ciência e tecnologia. Atualmente o Museu oferece ao longo do ano as atividades Oficina desafio, Oficina de Cor e Luz e as exposições Pátio Tempo Clima, Praça Tempo e Espaço, e Cor da Luz – o Código das Cores. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.mc.unicamp.br, pelo telefone 19-3521-1810 ou e-mail setoreducativo@reitoria.unicamp.br.

Participantes do Férias no Museu durante oficina
Participantes do Férias no Museu durante oficina
Participantes do Férias no Museu observam microscópio durante oficina
Participantes do Férias no Museu participam de oficina com microscópio
Participantes do Férias no Museu observam microscópio durante oficina
Participantes do Férias no Museu participam de oficina com microscópio
Participantes do Férias no Museu usam microscópio durante oficina
Participantes do Férias no Museu durante oficina com microscópio
Participantes do Férias no Museu participam de oficina ao ar livre nas imediações do Museu Exploratório de Ciências
Participantes do Férias no Museu durante oficina ao ar livre
Participantes do Férias no Museu caminham durante oficina ao ar livre no Parque Ecológico Hermógenes Leitão Filho
Participantes do Férias no Museu no Parque Ecológico Hermógenes Leitão Filho
Participantes do Férias no Museu caminham durante oficina ao ar livre no Parque Ecológico Hermógenes Leitão Filho
Participantes do Férias no Museu participam de oficina ao ar livre
Imagem de Paola Daniela Argentin, estagiária do Museu
Paola Daniela Argentin, estagiária do Museu (Foto Antonio Scarpinetti)
Grupo de estudantesm participam de oficina coletiva no Férias no Museu
Oficina do Férias no Museu (Foto Antonio Scarpinetti)
Imagem das estudantes Flávia e Verônica, participantes do Férias no Museu
Estudantes Flávia e Verônica (Foto Antonio Scarpinetti)
Bióloga Luciana Silva dos Santos, mediadora de atividades do Férias do Museu
Bióloga Luciana Silva dos Santos, mediadora de atividades do Férias do Museu (Foto Antonio Scarpinetti)
Participante do Férias no Museu observa frasco com um inseto capturado no Parque Ecológico Hermógenes Leitão Filho
Participante do Férias no Museu observa inseto (Foto Antonio Scarpinetti)
Georgia Carolina Martins, gestora do setor educativo do Museu Exploratório de Ciências
Georgia Carolina Martins, gestora do setor educativo do Museu Exploratório de Ciências (Foto Antonio Scarpinetti)
Participante do Férias no Museu acompanha palestra
Participante do Férias no Museu acompanha palestra (Foto Antonio Scarpinetti)

Imagem de capa

Estudantes que participam do Férias no Museu observam cartões com informações sobre insetos e plantas
Participantes do programa Férias no Museu em atividade no campus (Foto Antonio Scarpinetti)