Instituto Vladimir Herzog e Unicamp divulgam o resultado da segunda edição do Prêmio de Reconhecimento Acadêmico em Direitos Humanos

O Instituto Vladimir Herzog e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgaram na última quarta-feira (27/4) o resultado do 2º Prêmio de Reconhecimento Acadêmico em Direitos Humanos (PRADH). Ao todo, foram escolhidos 13 trabalhos de graduação, mestrado e doutorado stricto sensu, sendo 7 ganhadores do quadro de pesquisadores da Unicamp. As categorias são as seguintes:

  • Ciências exatas, engenharia e tecnologia;
  • Ciências biológicas e da saúde;
  • Ciências humanas, sociais e econômicas;
  • Artes, comunicação e linguagem;
  • Educação

Também serão entregues 3 prêmios honorários para pesquisadores e acadêmicos que se destacaram por sua contribuição para os Direitos Humanos. Os contemplados desta edição são:

  • Ailton Krenak – por representar a luta das populações indígenas, alvo de tantos ataques, e por sua atuação como político e intelectual;
  • Kabengele Munanga – por sua contribuição ao desenvolvimento de políticas afirmativas e por sua luta pela introdução da questão racial na educação brasileira;
  • Lisete Arelaro – em homenagem póstuma, por sua luta em defesa da educação, em especial por sua dedicação a garantir esse direito a todas as crianças.

Criado em 2020 para reforçar o compromisso da universidade com a defesa dos Direitos Humanos, o PRADH incentiva a criação e a difusão de conhecimentos que contribuam para a proteção e a promoção da dignidade da vida e de todas as formas de existência.

Em sua 2ª edição, o prêmio aceitou candidaturas de trabalhos encerrados e aprovados ao longo de 2021 em instituições públicas de ensino e pesquisa do Estado de São Paulo. A cerimônia de premiação será transmitida em 26 de maio.

Confira a lista de premiados:

I. Ciências exatas, engenharia e tecnologia

Pesquisa de Graduação: não houve inscrições

Pesquisa de Mestrado: não houve inscrições

Pesquisa de Doutorado: “Vinhos de BRS Violeta (BRS Rúbea x IAC 1398-21): efeitos da adição de carvalhos e fermentação na composição fenólica e nos parâmetros de cor na produção sustentável” - Tuany Yuri Kuboyama Nogueira - Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”(inscrição 60)

II. Ciências biológicas e da saúde

Pesquisa de Graduação: “Prática De Aleitamento Exclusivo Entre Pessoas Em Situação De Cárcere No Brasil: Revisão De Escopo Da Literatura” - Beatriz Oliveira Santos - Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (inscrição 21)

Pesquisa de Mestrado: “Violência Policial Letal No Município De São Paulo (2014-2015): Qualidade Dos Dados, Estimativa Do Número De Óbitos, Perfil Das Vítimas E Distribuição Espacial” - Marcelo Ryngelblum - Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (inscrição 65)

Pesquisa de Doutorado: “A Boca Travada No Racismo: Desigualdades Raciais Nas Condições De Saúde Bucal” - Livia Helena Terra e Souza - Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (inscrição 12)

III. Ciências humanas, sociais e econômicas

Pesquisa de Graduação: “O enfrentamento da aporofobia pelo Congresso Nacional brasileiro” - Douglas Henrique Santos da Silva - Escola De Artes, Ciências E Humanidades da Universidade de São Paulo (inscrição 72)

Pesquisa de Mestrado: “Existe 'universidade' em pajubá?: Transições e interseccionalidades no acesso e permanência de pessoas trans*” - Brume Dezembro Iazzetti - Instituto De Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (inscrição 29)

Pesquisa de Doutorado: “Cerzindo o Tecido Social: ressignificações do bordado arpillera e a vida de atingidas por Belo Monstro” - Ralyanara Moreira Freire - Instituto De Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (inscrição 101) 

IV. Artes, comunicação e linguagem

Pesquisa de Graduação: “A encenação de Ponto de Partida em 1976: um estudo dos elementos épicos brechtianos” - Marco Antonio Pedra Silva - Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (inscrição 86)

Pesquisa de Mestrado: “ENQUANTO NINGUÉM VÊ: Encarando a violência de gênero através do olhar de quatro dramaturgas.” - Sofia Fransolin Pires de Almeida - Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (inscrição 100)

Pesquisa de Doutorado: “O Funcionamento Discursivo Da Promessa De Pacificação” - Liliane Souza dos Anjos - Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas (inscrição 61)

V. Educação

Pesquisa de Graduação: “Abuso sexual infantil: concepções das professoras de pré-escola” - Nathaly Martinez Alves - Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (inscrição 11)

Pesquisa de Mestrado: “É PRECISO MUDAR OS LUGARES DA MESA: um estudo das carreiras militantes de acadêmicos negros na Universidade Estadual de Campinas” - Tayná Victoria de Lima Mesquita - Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (inscrição 99)

Pesquisa de Doutorado: “Cartografia das (re)territorializações no movimento social surdo no Brasil atual:(des)caminhos para as pedagogias surdas como devir” - Janaina Cabello - Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (inscrição 6)

Matéria original publicada no site da Diretoria Executiva de Direitos Humanos (DeDH).

Leia mais:

Pesquisa da FCM recebe 2º Prêmio de Reconhecimento Acadêmico em Direitos Humanos da Unicamp em conjunto com Instituto Vladimir Herzog

Assista a matéria produzida pela TV Unicamp sobre um dos trabalhos premiados: "Existe 'universidade' em pajubá?: Transições e interseccionalidades no acesso e permanência de pessoas trans*” - Brume Dezembro Iazzetti 

Imagem de capa

Ailton Krenak receberá um dos 3 prêmios honorários para pesquisadores e acadêmicos que se destacaram por sua contribuição para os Direitos Humanos
Ailton Krenak receberá um dos 3 prêmios honorários para pesquisadores e acadêmicos que se destacaram por sua contribuição para os Direitos Humanos