Três docentes da Unicamp receberão o título de Pesquisador Emérito do CNPq

Os professores Carlos Américo Pacheco (IE), Djairo Guedes Figueiredo (IMECC) e Fernando Galembeck (IQ) foram escolhidos para receber o título de Pesquisador Emérito do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

A distinção é conferida a pesquisadores pelo conjunto de sua obra científico-tecnológica e por seu renome junto à comunidade científica. A cerimônia de premiação será realizada nesta quarta-feira, 6 de outubro, às 18 horas, durante a Reunião Magna da Academia Brasileira de Ciências (ABC). O evento será transmitido pelo Youtube, nos canais do CNPq, ABC e da Marinha do Brasil.

Carlos Américo Pacheco - É engenheiro eletrônico formado pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA, 1979), mestre (1988) e doutor (1996) em economia pela Universidade de Campinas (Unicamp) e pós-doutor em economia pela Columbia University (2005). Foi secretário executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e presidente do Conselho de Administração da Finep (1999-2002), subsecretário da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo (2007), reitor do ITA (2011-2015) e diretor-geral do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM, 2015-2016). Pacheco assumiu a presidência do CTA da FAPESP em agosto de 2016.

Djairo Guedes Figueiredo - Possui graduação em Engenharia Civil pela Escola Nacional de Engenharia da Universidade do Brasil (hoje Universidade Federal do Rio de Janeiro) (1956), Mestrado em Matematica - Courant Institute Of Mathematical Sciences- NYU (1958) e doutorado em Matematica - Courant Institute Of Mathematical Sciences NYU (1961). Atualmente é professor titular aposentado do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (Imecc) da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Análise, atuando principalmente nos seguintes temas: Métodos Variacionais, Equaçoes Diferenciais Parciais, com ênfase em Equações e Sistemas Elípticos não lineares. 

Fernando Galembeck - Graduado em Química pela Universidade de São Paulo (FFCL, 1964) e Doutor em Química (Físico-Química, USP, 1970), realizou pós-doutorado nas Universidades do Colorado (1972-3) e da Califórnia (Davis, 1974). Foi Professor Titular do Instituto de Química (IQ) da Universidade Estadual de Campinas, aposentando-se em 2011 quando se tornou Professor Convidado. Leciona disciplinas de Colóides e Superfícies, Polímeros, Química Aplicada, Físico-Química, Química Geral e Microscopia. Entre 2011 e 2015 exerceu a Direção do Laboratório Nacional de Nanotecnologia, no Centro Nacional de Pesquisas em Energia e Materiais, em Campinas, que produziu excelentes resultados científicos, em R&D e na prestação de serviços tecnologicamente sofisticados a pesquisadores acadêmicos e de empresas, do Brasil e do Exterior. Depositou 18 patentes das quais 7 foram licenciadas. Três produtos baseados nessas patentes foram lançados no mercado. Mantém vários projetos com empresas, tratando principalmente da criação e desenvolvimento de novos materiais avançados e processos de fabricação. Exerceu funções dirigentes na Unicamp, MCT, CNPq, ABC, SBQ, SBPC e SBMM, de assessoria e planejamento na Fapesp, MCT, CNPq e Capes e de consultoria em várias empresas. 

Outras informações na página do CNPq. 

(Hélio Costa Júnior/Da Redação com Agência Fapesp)
(Foto: Léo Ramos Chaves/Pesquisa Fapesp)