Pesquisador de medicamentos para malária explica perigos da cloroquina

Fotos
Edição de imagem

Sou docente do IQ-UNICAMP há 28 anos, e trabalho com o desenvolvimento de novos medicamentos para o tratamento de doenças parasitárias tropicais como malária, doença de Chagas e leishmanioses. No caso da malária, procuramos desenvolver um novo antimalárico que possa ser usado em dose única, por crianças e gestantes e que seja barato, seguro e eficaz. Em um dos ensaios obrigatórios que usamos no processo de desenvolvimento de novos medicamentos, é imperativo que estes antimaláricos não provoquem alterações no intervalo QT, podendo levar a arritmias cardíacas. Voltarei a este ponto mais tarde.

Acesse o conteúdo completo no site da Revista Questão de Ciência

Imagem de capa
Luiz Carlos Dias: Ninguém deve usar estes medicamentos esperando um efeito de proteção, profilático, pois não são vacinas.

twitter_icofacebook_ico

Atualidades

O encontro reuniu estudiosos do Brasil e do mundo para discutir a forma como as duas áreas devem se preparar a fim de enfrentar os grandes desafios contemporâneos no campo da saúde mental

O projeto “Reator sustentável: constituído por eletrodos de óxidos metálicos e células solares, para aplicações na descontaminação de água ou conversão de CO2 utilizando energia solar” é desenvolvido no âmbito do Centro de Inovação em Novas Energias 

Professor do Instituto de Geociências e autor do livro “Africano: uma introdução ao continente”, Kauê Lopes dos Santos comenta aproximação com países como Egito e Etiópia

Cultura & Sociedade

Escritor e articulista, o sociólogo foi presidente da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais no biênio 2003-2004

O evento acontecerá entre os dias 29 de fevereiro e 10 de março; a obra ESTAFA ou sobre os sonhos não dormidos foi selecionada na categoria de peças internacionais